A história de Lucas Teles

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A história de Lucas Teles

Mensagem por Guerra em Qua 31 Dez 2014, 12:10

26 de Março de 2006, São Paulo-Brasil



O jovem Lucas, na época com 10 anos, estava na casa de seu melhor amigo, Marcos Santos, apenas dois anos mais velho. Os dois estavam no quarto de Marcos, que era cercado de posters de Dragon Ball, Cavaleiros do Zodíaco, Hunter vs Hunter, Pokemon entre outros animes, os dois estavam a ver um episódio de Dragon Ball Z, aquele em que Goku e Vegeta lutaram pela primeira vez. Os dois vibraram durante todo o episódio, até que Goku pede para Kuririm não matar Vegeta e este consegue fugir do planeta Terra. Depois que as crianças terminaram de assistir foram logo simular uma luta.

Lucas: Eu vou acabar com você seu verme maldito!

Marcos: Nada disso! Kaioken!

Os dois continuavam a 'lutar' feito dois maluquinhos até que os pais de Marcos interromperam a festa dos dois. A mãe de Marcos, Valéria, uma loira de olhos azuis, cabelos longos, corpo esbelto de mulher de mais ou menos 35 anos olhava para os dois com reprovação.

Valéria: Parem crianças com isso! Só sabem brincar disso! Alguém pode se machucar! De qualquer modo, o padrinho de Lucas já está aqui...

Os dois ficaram tristes, pois queriam continuar a brincadeira, mas ambos foram para a sala e lá estava sentado no sofá, um homem de mais de 1,90 m de altura, negro e muito forte, era o treinador particular da família Nunes, Mário Cézar Lago, um dos mais conceituados do país, padrinho de Lucas. Lucas deu um abraço no padrinho e olhou para Marcos.

Lucas: Bem Marcos, meu padrinho vai me ensinar a lutar e eu acabarei com você muito facilmente seu verme! Vegeta Jr. no poder! Ou seja! Eu!

Marcos (Ao lado da mãe olhando para Mário): Cala essa boca! Você também vai me treinar não é tio? E você vai me ensinar a fazer o kamehameha não é?

Valéria ficou consternada, mas Mário sorriu.

Mário: Treinarei os dois! Kamehameha não sei fazer! Mas vocês serão melhores até que meu atleta mais promissor, o Vinícius Nunes! Garanto a vocês! Bem, vamos Lucas, falei com seu pai e teremos que estar lá até as 8! Tchau Valéria, tchau Marcos!

Lucas se despediu de Valéria e de Marcos e um prometeu ao outro que seriam grandes lutadores no futuro. Os meninos levaram aquela promessa bem a sério, muito mais a sério do que qualquer um desses adultos pudessem ter pensado naquele exato momento.


17 de Abril de 2010, São Paulo-Brasil



Lucas Teles e Marcos Santos acabaram de sair da primeira aula de wrestling, os dois sentiam que aquilo parecia a luta certa para eles, no último ano eles tentaram de quase tudo, mas parece que o wrestling é o local ideal para dois Otakus mostrarem do que são feitos. Os dois estavam andando pela rua em direção da casa de Marcos. Ambos estavam em situação difícil na escola, não conseguiam se entrosar com o pessoal, pois eles só queriam saber de animes, em termos de notas também estavam na pior, pois eles deixavam de assistir aulas porque no horário das aulas passava Cavaleiros do Zodíaco, Bucky e Tenshi Muyo e eles quase sempre conseguiam fugir. Com isso várias reclamações chegaram para os pais deles, que tentam de tudo e acham que a cena das lutas podem arrefecer esse vício dos animes.

Lucas: Essa aula foi mesmo desgastante. Eu que sou baixinho sinto bem isso... Apesar do Mário ter me elogiado bastante e a ti também... Parece que nós iremos conseguir ir pra Minas, nós e aquele maluco que estava a torturar insetos, o Geraldo...

Marcos: Sim... Mas isso da altura não quer dizer nada, eu sou maior e estou acabado na mesma... Acho que nós dois e o Geraldo seremos os selecionados... Tomara que ele não seja, ele me causa arrepios!

Lucas: Ele é apenas um verme!

Marcos: Não sei, ele me parece perigoso! Senti algo ruim no ki dele!

Lucas: Ele é apenas um inseto insignificante! Somos os melhores da nossa raça! Provarei ao mundo que sou o príncipe do wrestling como Vegeta foi o príncipe dos Sayajins!

Marcos: Menos... Mas vamos acelerar esse passo... Estou morrendo de fome!

Lucas: Tu e essas besteiras!

Os dois continuaram a andar e comentavam a experiência de treinar wrestling, de se mostrarem capazes e finalmente poderem evoluir na carreira. Além disso, continuavam a falar de animes, como Bleach, One Piece, Cavaleiros do Zodíaco, Pokemon, e obviamente, Dragon Ball. Todos na rua olhavam para os dois como dois malucos, dois desajustados, pois Lucas estava vestido igual a Vegeta e Marcos estava vestido igual a Goku, porém os dois não ligavam para a opinião alheia.
avatar
Guerra
Júlio Guerra

Mensagens : 221
Data de inscrição : 19/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A história de Lucas Teles

Mensagem por Guerra em Qua 31 Dez 2014, 12:39

11 de Setembro de 2013, Belo Horizonte-Brasil

Marcos e Lucas acabaram o treinamento do dia no ginásio principal de Mário Cézar Lago, em Belo Horizonte. Estavam apenas os dois, visto que Geraldo Lemos foi embora mais cedo. Lúcio Torres, administrador da academia foi ter com eles. Lúcio era um homem branco, baixo como Lucas só que o cabelo arrepiado, parecido com o de Marcos, e um corpo magro, como os dois lutadores.

Lúcio: Olá rapazes... Tenho boas notícias de Portugal!

Os dois ficaram exultantes, poderia ser a chance de um lutador da casa se juntar à VLL, como aconteceu com Vinícius Nunes, Antonio Andrade e Caique Silva, o convênio da VLL com Mário existia e os lutadores da academia estavam ansiosos para se juntarem à VLL.

Marcos: E então?

Lúcio: Então que tu Marcos! Tu vais para VLL! A VLL abriu um novo nome para nós e escolhemos o teu! Parabéns!

Marcos ficou emocionado e deu um abraço em Lucas que correspondeu com sinceridade, porém Lucas sentiu uma pontada de inveja e se sentiu injustiçado, pois mesmo sendo mais novo, mostrou mais talento que Marcos, mostrou mais destreza, velocidade, técnica... Praticamente tudo... Lucas sentia que ele que devia ser o felizardo e não Marcos, porém isso tudo foi esquecido por causa da enorme amizade que nutria por Marcos.

Lucas: Parabéns Verme! Vá lá para Portugal e mostre o que é um verdadeiro guerreiro! Acabe com eles!

Marcos: Pode deixar irmão! BOOOM BOOOM BOOOM!!!!!!

Os dois começaram a imitar vários personagens de anime na comemoração deles, o que deixou Lúcio confuso e fez com que ele se afastasse e deixasse os dois comemorarem.



10 de Agosto de 2014, Belo Horizonte-Brasil


Lucas Teles estava em sua casa quando vi uma mensagem de Lúcio no grupo do whats app da academia de que Geraldo Lemos era o mais novo contratado da Vanguarda de Luta Livre e é mais um do convênio Academia Mário Cézar/VLL. Mais uma vez Lucas ficou possesso, ele não podia acreditar que o próprio padrinho mais uma vez preferiu alguém pior do que ele... Lucas estava extremamente revoltado com tantas injustiças, parecia que era tudo de propósito. Lucas começou a pensar seriamente se deveria procurar um outro emprego, hoje ele vê que não foi a decisão mais correta ter deixado a escola, coisa que os pais nem sonham em saber, porém Lucas confiou demais em seu talento e nas promessas de seu padrinho, até porque o currículo falava por si só... Vinícius Nunes campeão supremo duas vezes, Antonio Andrade campeão da Vanguarda... Porém o Lucas nunca tinha a sua oportunidade... Mas ele pensava que um dia isso iria mudar e como ia!  

Lucas tinha plena noção de que não poderia ficar em casa, sentado em seu sofá, assistindo Cavaleiros do Zodíaco de short branco e camiseta branca... Sabia que teria que agir! Ligou para o seu padrinho que demorou para atender.
 
Mário: Fala Lucas! To meio ocupado agora... Você não pode ligar depois, não?

Lucas
: O que tenho para dizer é rápido!

Mário: Tudo bem? Mas não podia ser por mensagem?

Lucas: Não... A verdade é que estou indo para Portugal para morar com o senhor!

Mário: Você não pode estar falando sério!

Lucas: Estou sim... E você vai me aceitar... E vai arcar com todas as despesas!

Mário: Já arco pra você só treinar e ficar assistindo desenho animado... Queres mais?

Lucas: Eu sei bem quem é o Geraldo! Sei bem o que o tio dele faz... Sei também o que você e o Vinícius estão fazendo também! Se você não quiser que eu acabe com tudo isso! E como eu quero acabar... Bem, eu vou falar pra todo mundo o que eu sei!

Mário: Que história é essa? Onde estão o caráter e os bons costumes que você sempre prezou?

Lucas: Sempre prezo e sempre prezarei esses valores... Porém eu sei muito bem que tipo de pessoa você é e sei que você pode realizar o meu sonho... E saiba que eu vou vencer todos quando eu tiver a minha oportunidade! Vou acabar com todos esses vilões que existem nesse mundo maldito do wrestling! Inclusive você! Sei que o confronto derradeiro não será agora, mas juro que quando eu não precisar de você e estiver livre de tudo isso! Limparei esse mundo da sua sujeira e da sujeira de seus discípulos!

Mário: Eu tenho que ouvir um discurso desse por telefone? Bem... Não foi dessa Lucas... Continue coçando o seu saco e assistindo anime... Assim você nunca vai ser um wrestler de jeito!

Lucas: Ou faz o que eu te pedi ou ligo para minha mãe e digo que você me obrigou a largar a escola... Ela lhe odeia e vai acreditar em mim... Além disso, eu ainda não tenho 21 anos... Tinha 16 quando vim pra cá... Você deveria ser responsável por mim, ou não te lembras disso?

Mário: Desgraçado...

Mário desligou na cara de Lucas, e Lucas soube que tinha feito o que deveria ser feito. Finalmente iria para Portugal e finalmente estaria perto do sonho da Vanguarda de Luta Livre. Lucas Teles estava cada vez mais próximo de ser um wrestler de topo e de combater todos os vilões que ele sempre imaginou, Lucas se imaginava em um anime e se colocava como herói.



10/09/2014 Lisboa-Portugal


Lucas já estava completamente adaptado a Portugal, até os seus problemas com seu padrinho haviam sido resolvidos, tudo isso porque a história que ele contou sobre a exigência da VLL em relação aos brasileiros era algo nojento, parecia que todos deveriam ser iguais ao Vinícius, verdadeiras ‘bestas’, o que não era o caso de Lucas que era baixinho e não tão forte. Nesse momento Lucas treinava na Academia Mário Cezar Lago em Portugal, e ainda tinha o posto de gerente-administrador do sítio, o que gerava um bom salário e dava para se sustentar e claro, quando podia, assistia diversos animes. Apesar de não ter realizado o seu sonho de ser um lutador profissional, ele estava satisfeito com o rumo dos acontecimentos, até porque os pais estavam orgulhosos dele, pois finalmente ele havia tomado jeito na vida e arranjado um jeito de se sustentar por si mesmos, ainda que ele morasse ainda na casa de Mário.

Parecia que era uma vida quase perfeita, mas duas coisas ainda o incomodavam, Geraldo Lemos acabou se lesionando durante o seu breve percurso na Vanguarda da Luta Livre, mas ainda ninguém ter falado nada sobre o assunto, muito menos a VLL notificar que precisava de mais um zuca na federação, ou mesmo a cena do convênio, o ambiente daquela federação andava muito estranho, desde que Carlos Salazar assumiu o local. A outra coisa é que as consultas com Maria Soares eram perda de tempo, ele queria saber como a ex-mulher de Vinícius Nunes iria ajudar em seu vício por animes, Lucas acreditava que era uma coisa que não deveria passar, gostava daquilo e não queria abrir mão, não se importava em nada com a opinião dos outros sobre a condição dele, mas parece que Mário tinha outras ideias.

Enquanto pensava nisso, Lucas sentia incomodado de estar sentado em uma cadeira, em um escritório, com terno, gravata, calça social e sapato social, tudo preto, parecia que estava de luto... E meio que estava, parecia que sua carreira de wrestler tinha ido para o espaço e o sonho de derrotar todos os vilões do mundo tinha acabado, era o fim de Vegeta Jr.?  Lucas pensava que não seria o caso... Mas... Tudo isso foi interrompido por Mário Cezar Lago que estava vestido com camiseta preta e calça preta, como se estivesse pronto para lutar, além de um tênis baixo, parecia um tanto raivoso.

Lucas (Assustado): O que foi?

Mário: A VLL acabou... Teremos apenas o Colisão... Aquilo já estava mal, mas não esperava que acabasse assim...

Lucas: O que? Como assim? E o convênio?

Mário: Não existe mais convênio... Não existe mais nada... Estamos fodidos caralho! Vamos perder muita gente, pois muita gente vinha pra cá na esperança de entrar na VLL algum dia, tudo isso pelo crescimento meteórico da empresa... Agora que ela acabou, não sei se conseguiremos uma parceria tão rapidamente.

Lucas: E o meu sonho de ser wrestler?

Mário: Ou você vai para a Inglaterra ou Estados Unidos ou Japão ou até mesmo México ou então seu sonho acabou... Mas sinceramente, não vejo isso como uma boa ideia, você não tem nome, não tem a minha proteção nem nada do gênero... Acho que isso vai ter que ficar para trás, tudo isso por culpa do miserável do Salazar!

Lucas (Visivelmente emocionado) : Mário, pode me dar licença por favor?

Mário (Vendo o estado emocional de Lucas) : Vá... Tudo bem, daqui a pouco nós teremos que conversar sobre o futuro da academia, matriz e filiais...

Lucas: Eu sei...

Mário saiu de cena e deixou Lucas sozinho, as lágrimas vieram logo, pois o sonho de Lucas foi embora, tudo que ele sonhou juntamente com Marcos se esvaiu, ao menos Marcos teve a sua chance e ainda lutou pelos Parceiros de Guerra, coisa que ele nem ao menos teve essa oportunidade, tudo o que ele fez não valeu de nada... Abandonar sua família em São Paulo para ir para Belo Horizonte, depois abandonar seu país para um tentar realizar um sonho em Portugal... Nada disso valeu de nada! NADA!

Depois de tudo isso, Lucas decidiu trancar sua sala, entrar na Internet e ficar assistindo uma maratona de One Piece como se não existisse amanhã, até porque somente os animes poderiam relaxá-lo, somente imaginar que ele é Luffy e que ele vai derrotar todos aqueles seres poderia amenizar a dor que ele estava sentindo naquele exato momento.
avatar
Guerra
Júlio Guerra

Mensagens : 221
Data de inscrição : 19/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A história de Lucas Teles

Mensagem por Guerra em Qua 07 Jan 2015, 11:41

25 de Dezembro de 2014

Era Natal, mas Lucas Teles preferiu ficar o dia trabalhando na academia, estava satisfeito que novos alunos tenham se inscrito, tudo por causa da criação da Ultimate Wrestling League, a nova federação de Bruno Pavão, ele pensou que poderia ser uma chance única, porém sabia que jamais seria selecionado.

Lucas estava em cima do ringue, em pé e sonhava com a chance de derrotar todos aqueles que pudessem ameaçar a boa ordem do mundo. Ele queria estar ali, poderia ser a chance dele mostrar que esse baixinho de 1,70 poderia ser alguém grande, poderia ser um wrestler top de linha, poderia ser o herói de todos, principalmente, poderia ser o Príncipe do Wrestling assim como Vegeta era o Príncipe dos Sayadjins. Os dois até se vestiam igual, camisa e calças azuis e luvas brancas.

Enquanto Lucas andava de um lado para o outro imaginando que era o super-herói da UWL, ele foi interrompido por um elegante Mário Cézar, este estava de paletó e gravata, todo de preto, além de sapatos sociais da mesma cor. Sorriu para Lucas.

Mário: Feliz Natal!

Lucas: Feliz Natal!

Os dois trocaram um aperto de mão cordial.

Mário: Bem Lucas... Tenho boas notícias!

Lucas pensou que poderia ser algo relacionado à UWL e olhou para Mário com muita ansiedade.

Lucas: Sobre a UWL?

Mário: Sim... Um membro da nossa academia acabou de ter o contrato assinado com a UWL! Graças a minha fama de produzir talentos pra VLL, Bruno Pavão me procurou pra falar sobre a organização e voilá! Tenho mais um aluno como uma promessa no wrestling português!

Lucas ficou decepcionado, sabia que pela maneira com que ele falava, não seria ele, provavelmente era outro garoto, alguém mais alto, mais forte, com mais carisma, tudo que Lucas não tinha. No fundo ele sabia que não teria qualquer interesse pra federação, saberia que nunca receberia uma oportunidade.

Lucas: Então... Quem é o felizardo? O Pedro Santos? O Daniel Fernando? Esses dois são grandes protótipos...

Mário abriu um sorriso efusivo.

Mário: Nenhum deles! É você seu trouxa!

Lucas não se aguentou de felicidade, começou a pular, a gargalhar, deu um abraço em Mário e começou a pular novamente como se fosse um maluco.

Lucas: FINALMENTE! CONSEGUI! EU SABIA! EU MESMO! O BAIXINHO! VOU SER O PRIMEIRO UNDISPUTED CHAMPION DA UWL!

Mário (De repente muda a expressão): Bem... A verdade é que tu não eras a primeira opção, ele queria o Vinícius e o Antonio, mas ele s estavam fora de cogitação, por isso eu indiquei você e ele teve a confiança em mim, mas quando olhou pra você... Bem, ele não gostou muito do material, principalmente pela sua altura, e você não é lá muito forte... Enfim, ele acha que você não tem o estofo para ser relevante...

Lucas em outros tempos ficaria abalado e ressentido, agora ele queria mostrar que com a oportunidade em mãos, ele poderia sim ser uma grande cena do wrestling português. Ele mostraria o poder do Super Vegeta, contra tudo e contra todos!

Lucas: Não me importo... Basta uma oportunidade e vou mostrar o que valho!

Mário: Enfim... Não vai ser nada fácil... Vai ter um torneio inaugural e infelizmente você está fora... Até acho que ele vai conversar contigo, mas tu não terás combate... Ele acha que você não vai atrair ninguém, pois ninguém quer um moleque franzino, viciado em animes que parece ter 12 anos de idade.

Lucas ficou extremamente irado com esse Bruno Pavão, mas estava disposto a provar que ele poderia não ter o tamanho ou o carisma do Vinícius, mas tem a força de vontade e o talento para ser um futuro campeão.

Lucas: Tudo bem... Eu vou esperar...

Mário: Antes de ir... Digo que em Janeiro teremos uma reunião... Tudo sobre sua ida pra UWL, vamos discutir como você vai se portar, há muito em jogo... Antonio Andrade, Geraldo Lemos, Marcos Santos, Maria Soares e Vinícius Nunes... Todos eles, todos eles estarão lá... Vai ser na mansão do Vinícius... Até lá... Você vai treinar com o Geraldo Lemos... Ele é alguém de minha extrema confiança e lhe dará algumas dicas do que acontecerá nessa reunião, mas até lá não nos veremos... Então... Parabéns pela oportunidade, feliz Natal e feliz ano novo!

Os dois trocam outro aperto de mão e Mário sai, deixando Lucas sozinho a pensar sobre os últimos acontecimentos, muitos sentimentos envolvidos, a alegria de ter entrado pra UWL, a raiva pelo fato de Bruno Pavão não achar que ele vai para algum lugar, e a curiosidade em saber o porquê de Geraldo Lemos ser o seu treinador particular de agora em diante e o porquê dessa reunião com toda essa gente.
avatar
Guerra
Júlio Guerra

Mensagens : 221
Data de inscrição : 19/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A história de Lucas Teles

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum