MONDAY NIGHT KEROSENE #3 (SIC-R) - (19/01/2015)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MONDAY NIGHT KEROSENE #3 (SIC-R) - (19/01/2015)

Mensagem por Guerrero em Ter 13 Jan 2015, 18:13




"PICK YOUR POISON" MATCHES
EDWARD HOSKING VS ??? (Jorge Gante escolhe adversário de Edward Hosking durante a semana)
JORGE GANTE VS ???  (Edward Hosking escolhe adversário de Jorge Gante durante a semana)

******

SINGLES MATCHES
HENRIQUE COELHO VS RICHARD FERNANDES
JAMES BRANDÃO VS ANDREY CHERYSHENKO
GABRIEL PAQUET VS CLÁUDIO ROSAS

_______________________________________________________________

avatar
Guerrero
Danny McLaughlin

Mensagens : 230
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 26
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MONDAY NIGHT KEROSENE #3 (SIC-R) - (19/01/2015)

Mensagem por Shotgun em Seg 19 Jan 2015, 18:27

Surgem imagens do segundo Monday Night Kerosene: são mostradas imagens dos momentos iniciais do evento, sendo que os comentadores falavam sobre o que se podia esperar neste novo evento da Ultimate Wrestling League. A imagem no ecrã gigante rapidamente passa para mostrar os melhores momentos da batalha entre Jorge Gante e o açoriano Henrique Coelho, o primeiro de dois combates das meias-finais do Masters of the Mat. Após um longa batalha, foi Jorge Gante que ergueu o punho como vencedor e finalista do torneio que irá coroar o primeiro Undisputed Champion na UWL.

De seguida, imagens da primeira e história ameaça tripla da companhia onde Fedrix se impôs sobre Lucas Teles e Carlos Freixo. Após um combate com momentos a recordar, o americano acaba por efetuar o assentamento sobre Freixo e levar a vitória, tendo assim uma oportunidade para lutar pelo título Gen-X no BattleCry. São mostradas imagens do curto combate entre Ricardinho e Dash, onde este primeiro saiu por acima durante a contenda mas onde Dash também se vingara, atacando o adversário no final do combate.

Num desafio aberto, as imagens mostram a fantástica vitória de James Brandão que contra as expectativas conseguiu vencer Delmar Bento com um roll-up vindo do nada. Apesar do domínio, o antigo lutador da Vanguarda da Luta Livre não conseguiu capitalizar esse controlo com uma vitória no final. Por fim, no combate que encabeçou o evento da noite, Edward Hosking bateu Michael Estefari com interferência de Diogo Valente no final. Ficou então decidido no histórico dia 12 que seria Hosking contra Gante com o título em jogo.

 
*****
 

A câmara foca a mesa de comentadores pela primeira vez neste evento, ela que é constituída por duas figuras bem conhecidas desta modalidade! Tito Ribeiro, experiente  comentador que em tempos foi a voz de brilhantes federações como a EWL  ou a própria VWW, e Michael Baptiste- Bangalter, antigo campeão Supremo da Vanguarda da Luta Livre que regressa à atividade como comentador, sempre com a sua característica atitude e visão.
 
Tito Ribeiro: Sejam bem-vindos à terceira edição da história do Monday Night Kerosene! Hoje estamos em direto do Pavilhão da Luz, em Lisboa, assim como ao vivo e em alta definição na SIC Radical para todos os nossos telespectadores! Hoje termina a caminhada para o BattleCry, primeiro pay-per-view da história da federação! Eu sou o Tito Ribeiro e, como sempre, tenho ao meu lado o antigo campeão Supremo da Vanguarda da Luta Livre, Michel-Baptiste Bangalter!
 
A câmara foca o francês que, distraído, vai cumprimentando com sarcasmo o público, elevando dois dedos como se estivesse a pedir paz no recinto. O mesmo acaba por baixar o braço, voltando a colocar de seguida o seu microfone.
 
Michel-Baptiste Bangalter: Parece que andam a dizer que não percebem nada do que eu digo portanto aqui vai, em português: boa noite Tito! Hoje voltamos à capital portuguesa e temos um grande evento para esta gente que encheu o pavilhão e para toda a gente lá em casa que nos vê em direto. Hoje é o Pick Your Poison entre Jorge Gante e Edward Hosking; hoje sim, Tito, é para doer. E cheira-me que isto não vai ser nada bonito para o Gante, vem aí uma avalanche! Ouve o que te digo!
 
Tito Ribeiro: Muita razão no que dizes, Bangalter. Não concordo necessariamente com a tua última declaração até porque acredito que Jorge Gante está melhor preparado do que nunca, mas tenho de dizer que subscrevo ao que disseste anteriormente: hoje é mesmo para doer! Teremos Hosking e Gante a escolher os adversários um do outro num conceito pouco utilizado no wrestling em Portugal! Além disso teremos mais três combates: o russo Andrei Cheryshenko estará neste ringue...

Tito é interrompido por um Bangalter enfadado.

Michel-Baptiste Bangalter: Oh ma mère ... pourquoi?
 
Tito Ribeiro:  É um lutador que tem estado impressionado e certamente deverá exibir-se novamente dominante para este evento! Como dizia, Cheryshenko estará em ringue contra James Brandão que na semana passada surpreendeu e bateu Delmar Bento no seu combate de estreia! Veremos se o próprio consegue repetir a dose contra o soviético. Além disso, teremos Henrique Coelho a medir forças contra Richard Fernandes e por último, mas não menos importante, Cláudio Rosas estará em ação frente a Gabriel "Gancho" Paquet num combate que irá opor estilos bastante distintos. Será uma contenda deveras interessante, não concordas Bangalter?
 
Michel-Baptiste Bangalter: É verdade sim, Tito. Mas não percamos mais tempo... pois estamos no pavilhão do Sport Lisboa e Benfica e está na hora de iniciarmos o Monday Night Kerosene desta noite!


Tito Ribeiro: Aí o temos, Jorge Gante! Primeiro lutador que se desloca ao ringue nesta noite, mas certamente não para lutar nesta altura! Grande reação do nosso público na capital!

Bernardo Roque: Senhoras e senhores, dêem as boas-vindas a um dos finalistas do Masters of the Mat, Jorge... GANTE!

Tito Ribeiro: É de facto uma enorme reação do público no pavilhão da Luz, difícil esperar outra coisa! Gante vive provavelmente o momento mais brilhante da carreira e é difícil censurar estes fãs pelo seu entusiasmo. Difícil será perceber o que está a fazer aqui no ringue, nesta altura!

Michel Baptiste-Bangalter: Peaners... vai anunciar o adversário do Hosking. Vai aposta?

O pavilhão está ao rubro nesta altura enquanto o lutador oriundo da Covilhã vai descendo a rampa, subindo então o ringue pelas escadas. O português parece verdadeiramente impressionado por tamanha reação da plateia neste último evento antes do BattleCry!

GANTE GANTE GANTE! YEAAAAAH!

Jorge Gante entra finalmente no ringue, pedindo um microfone a Bernardo Roque. O mesmo acede ao seu pedido e, após dar uma pequena volta pelo ringue, Jorge Gante senta-se no canto superior e está pronto para se dirigir aos seus fãs pela primeira vez nesta noite. É precisamente o que faz, à medida que estes vão diminuindo a intensidade dos seus cânticos.


Jorge Gante: 5 de Maio de 2008. O dia em que eu acordei num hospital e me disseram que no decorrer dum combate Vale Tudo, um pontapé na minha zona lombar quase partiu o meu corpo em dois. Também foi o dia em que me disseram que possivelmente não poderia voltar a combater - tinha contraído uma lesão que se não fosse curada e respeitada me podia deixar preso a uma cadeira de rodas definitivamente.

O finalista do Master of the Mat baixa o rosto durante breves momentos. A plateia volta a fazer ecoar pelo pavilhão o nome de Gante.

Jorge Gante (erguendo o rosto novamente): Ironia do destino ou não, na cama ao meu lado um tipo lia a E-Press, impressa naquele mesmo dia. "O Coração ainda bate!" preenchia a capa da revista. Chris Michaels, ex-lutador da Virtual Wrestling Warzone, era o assunto quente do momento... Michaels sofria do coração, e devido a ele esteve inactivo durante meses e meses, fazendo todos temer que a sua carreira tinha chegado ao fim.

O lutador da Covilhã desce do canto superior dirigindo-se para o centro do ringue em passos lentos.

Jorge Gante: E subitamente, a meio dum evento da VWW, Chris Michaels surge numa cadeira de rodas, fazendo uma aparência pública em muito, muito tempo. Novamente todos temeram o pior cenário... Seria o anúncio da reforma precoce de Michaels? Não...

Tito Ribeiro: Toda a razão para aquilo que diz Jorge Gante. Já tive a maravilhosa oportunidade de privar e ter algumas boas conversas com o Chris Michaels, ele que é sem sombra para dúvidas uma lenda do wrestling português assim como uma inspiração para qualquer pessoa presente nesta arena.

Bate três vezes com o palma da não no microfone, enquanto olha em redor por todo o recinto.

Jorge Gante (elevando a voz de forma intensa): Chris Michaels levantou-se pelo próprio pé e fez toda a gente saber que ele ainda não estava acabado, Chris Michaels estava de volta aos ringues da VWW.

Uma pausa no seu discurso. A plateia vive intensamente este momento, ansiando pelas próximas palavras.

Jorge Gante (erguendo o punho no ar): Nesse dia jurei a mim mesmo que um dia iria ser eu a vencer o meu próprio corpo, nesse dia jurei a mim mesmo que iria ser eu a levantar-me pelos meus próprios pés, a reerguer-me diante de todos vós... E AQUI ESTOU EU FODA-SE!

Gante leva o pavilhão ao rubro, e é ovacionado de pé.

"OBRIGADO GANTE! OBRIGADO GANTE! OBRIGADO GANTE!"


Jorge Gante (comentando por cima dos cânticos do público): Sabe demasiado bem poder dizer tudo aquilo que eu quero dizer, fazer as menções todas que eu quero fazer, sem ser censurado pela mente fechada e débil que era a Vanguarda da qualquer coisa que não luta livre, fingindo que não existia passado nenhum no wrestling português nesse complexo de superioridade que no fundo só revela o quão inferiores eram, onde um campeão se sentia o melhor do mundo porque não existia nem podia existir nada mais para além do ridículo que era o mundo paralelo deles...

Ouvem-se uns poucos gritos pela VLL em certas zonas do pavilhão, mas rapidamente são abafados pela maioria que continua a gritar o nome de Gante.

Michel-Bapstiste Bangalter: Será que ele beija o namorado com aquela boca? Sacrebleu! A Vanguarda da Luta Livre é histórica!

Jorge Gante (dando uns passos lentos em frente, olhando de perto para o público): E aqui estou eu, a uma semana de disputar o combate da minha carreira, pelo título que representa o passado, o presente e o futuro do verdadeiro wrestling português!

O lutador da Covilhã consegue levar novamente a plateia ao rubro, ouvindo-se agora também cânticos pela UWL.

Jorge Gante: Mas antes disso... Eu e o meu adversário Edward Hosking teremos de enfrentar o veneno um do outro, hoje neste mesmo ringue, num Pick Your Poison, o que me leva a umas declarações dum senhor durante esta semana, talvez conhecido vosso, chamado Alex Torres... A verdade é que - e de nada vale mentir - ele conquistou o meu merecido respeito.

O público bate palmas e grita também o nome de Alex Torres, em forma de respeito.

Jorge Gante: Nesse mesmo vídeo, aparentemente tão polémico nas redes sociais, o Alex disse especificamente o que lhe ia no pensamento, na alma, sobre mim, sobre o Hosking, sobre deus ou o diabo, e eu respeito isso, eu valorizo isso. Mas...

Gante baixa-se, ficando de joelhos no ringue.

Jorge Gante: O Alex também falou dum senhor tão famoso no meu passado, o Good Old Ricky - Ricardo Soares, para quem não se lembrar - que foi seu treinador e mestre na academia do velho lá em Inglaterra. E o mais estranho disto tudo, e questionável no mínimo, é que o Alex afirmou que Soares era um homem apaixonado por esta indústria, por este desporto, por este ringue... E tudo o que conseguiu fazer do Alex foi um gajo que admite publicamente que pura e simplesmente não gosta de wrestling?!

Gante volta a levantar-se dirigindo-se de seguida para as cordas, preparando-se para sair no ringue.

Jorge Gante (ainda dentro do ringue): Ah, Alex... Conseguiste a tua oportunidade, rapaz. Prova-me que estou errado em relação ao Soares. Descalça as tuas pantufas, guarda os teus vídeos de animais fofinhos para depois e prepara-te para combater... És o veneno que eu escolho.

Tito Ribeiro: E aqui está! Jorge Gante não espera mais tempo e anuncia publicamente o veneno que escolheu para Edward Hosking! Teremos o britânico a enfrentar o estreante Alex Torres num combate que promete imenso. Será que Hosking irá fazer o mesmo e anunciar o seu veneno daqui a pouco?

Michel-Baptiste Bangalter: Um bom mágico não revela os seus segredos!

A imagem desvanece no ringue à medida que Gante se vai dirigindo para os bastidores.

*****

A imagem parte agora para o ecrã gigante onde vemos Delmar Bento a caminhar lentamente pelos bastidores do Pavilhão da Luz. "The Wall" recusa entretanto o cumprimento de um jovem trabalhador dos bastidores e continua prosseguindo seu caminho. O mesmo para à porta do escritório de Bruno Pavão. O português bate-lhe à porta, sendo que a mesma se abre poucos segundos depois. A imagem desvanece com a porta a fechar e passa para o ringue, está na hora do primeiro combate da noite.


Bernardo Roque: Senhores e senhoras, este combate está marcado para uma derrota! A caminho do ringue, vindo do Porto e pesando 100 Kg… "The Sexy"... Cláudio ROSAS!

Tito Ribeiro: Primeiro combate de Cláudio Rosas na Ultimate Wrestling League depois da derrota frente a Edward Hosking no Masters of the Mat! Será que o português irá não acusar tanto a pressão, vencendo "Gancho" neste seu próximo combate? Os dois estiveram presentes numa brutal rixa nos bastidores na semana passada, vamos ver quem realmente vai levar hoje a melhor.

Michel Baptiste-Bangalter: Quiero estar contigo, vivir contigo, bailar contigo, tener contigo... este Cláudio Rosas é fraquito. Não vai durar muito contra o Gancho.

O lutador oriundo do Porto vai entrando com o ringue com uma rosa na boca, após cumprimentar algumas fãs nas primeiras filas como é costume. O mesmo chega ao ringue a tira um beijo a uma jovem sensual presente na primeira fila.


Bernardo Roque: E o seu adversário, oriundo de Portimão e pesando 91kg, Gabriel... "Gancho"... PAQUET!

Tito Ribeiro: Aqui está Gancho, tal como Cláudio Rosas é o seu segundo combate dentro da federação e não tem boas recordações da sua estreia. Apesar de alguns detalhes muito positivos, o lutador português acabou por sucumbir a Jorge Gante nesse combate dos quartos-de-final do Masters of the Mat!

Michel Baptiste-Bangalter: Paquet está pronto a destruir. Olha-me só a frieza deste senhor.

As luzes diminuem de intensidade no Pavilhão da Luz e é Gancho que é focado unicamente pelas luzes, ele que desloca muito calmamente até ao ringue com o seu adversário expectante. O lutador algarvio entra no ringue e as luzes voltam ao normal.

Soa a campainha e inicia-se o primeiro combate da noite.



O árbitro desta contenda é André Esteves e o mesmo revista os dois lutadores dando logo de seguida a ordem para suar a campainha. Paquet começa por fazer moça no seu adversário com um potente Blazing Lariat, mas o Portuense não fica na dele, levanta-se e contra-ataca com um uppercut seguido de um clothesline. Rosas tenta levantar “Gancho”, mas este tenta afastar com pontapés o lutador da invicta para conseguir levantar-se sozinho. As fãs gritam por Cláudio Rosas, o lutador tenta um back elbow mas sem sucesso, Paquet desvia-se ficando com uma expressão intensa nos seus olhos, está equilibrado!

O público aplaude, ambos os lutadores estão frente a frente. Os lutadores começam a avaliar-se mutuamente, "Gancho" vai para o Double Leg Takedown, sem sucesso, os lutadores estão novamente de pé, O portimonense tenta a clothesline mas Cláudio Rosas, consegue inverter num Rolling fireman's carry slam bem sucedido. Gabriel Paquet rasteja para o canto, levanta-se, agora é Rosas que tenta o clothesline no canto, O Gancho desvia-se, ganha velocidade nas cordas, Yakuza Kick, o "The Sexy" está em más condições neste momento.

Cláudio Rosas está deitado no canto, Gabriel Paquet vê a oportunidade para utilizar o seu Tree Of Woe Running Stomp, com sucesso, novamente em cheio na cara de Cláudio Rosas, a mesma está a ser bem trabalhada - enquanto isso o "The Sexy" pede para o "Gancho" não estragar a sua linda cara - Gabriel Paquet levanta o seu adversário, vai para o Back Drop Driver, focando-se assim ainda mais na cabeça de Cláudio Rosas, com sucesso... O portimonense vai para o assentamento de espadas mas Rosas safa-se à contagem de dois. O lutador da invicta não quer perder por nada deste mundo!

Gabriel "Gancho" Paquet tenta agora um Figure Four Neck Crank, conseguirá prender a manobra? Não, Cláudio Rosas consegue, fugir, vais ás cordas, o "Gancho" que tambem se levanta rapidamente tenta a clothesline mas o "The Sexy" passa por baixo ficando nas costas do seu adversário... Olympic slam! As raparigas gritam, Gabriel Paquet tenta levantar-se o mais rápido possível, Cláudio Rosas, faz novamente uso das cordas a seu favor, spear, que potente, Cláudio Rosas com um famoso spear, tenta manter o ritmo do combate, vai passar para o seu Espinho de Rosa (PowerBomb) mas o "Gancho" inverte o mesmo.

Os lutadores estão novamente frente a frente, ambos estão notoriamente cansados, nenhum quer ceder, ambos estão mal tratados na zona superior dos seus corpos, do nada Gabriel "Gancho" Paquet corre na direcção do seu adversário... Vai tentar o Peuvian Necktie! Cláudio Rosas pode estar em sarilhos, mas não, Cláudio Rosas consegue inverter, vai para o STFU, no entanto o portimonense usa as suas pernas, atirando o lutador da cidade invicta para longe, ambos levanta-se, Cláudio Rosas corre na direcção de Gabriel "Gancho" Paquet que consegue um Peuvian Necktie do nada! Será que Rosas desiste? Desistiu!


Bernardo Roque: O vencedor deste combate... Gabriel "Gancho" Paquet!

Tito Ribeiro: Não foi propriamente um massacre, nem perto disso. Mas como disse e muito bem aqui o meu colega Bangalter, acabou por ser uma vitória da frieza e do maior discernimento de Gancho que se estreia a vencer aqui na Ultimate Wrestling League.

Michel-Baptiste Bangalter: Eu disse! Gancho a somar uma vitória merecida! Este Rosas nem para acartar água serve...

Tito Ribeiro: Não sejas assim! Tivemos um combate bastante equilibrado para abrir a noite e a estratégia de Gancho acaba por trazer mais resultados. Depois da guerra que travaram na semana passada, não me parece que esta será a última vez em que estes dois estarão juntos num ringue.

A imagem no ringue desvanece com Cláudio Rosas frustrado dentro do ringue, enquanto Gancho vai prosseguindo seu caminho para os bastidores sem olhar para trás.

*****

A imagem passa para os bastidores. Encontramos Daniel Kaiser, ele que está num camarim e ainda espera pela sua estreia oficial num ringue da federação. O mesmo não está equipado para competir, encontrando-se sim com uma indumentária mais casual numa altura que a câmara lhe foca o rosto.

Daniel Kaiser: Uma boa noite a todos. Se ainda não me conhecem, my name is Daniel Kaiser e sou uma das mais recentes acquisitions da Ultimate Wrestling League. Nasci na Florida e chamam-me Golden Kid por alguma razão. Sei que tenho imenso potencial e sei até onde estou disposto a ir para alcançar o mais importante: o sucesso e o reconhecimento.

O americano expressa seriedade.

Daniel Kaiser: And I want you to know that, like I said... grato por estar aqui. O meu português não é perfeito mas todos vocês já me ouviram dizer o quanto grato eu estou por pertencer a esta grande projeto do wrestling. Mas sinto que há algo que não expressei corretamente.

Kaiser levanta-se, movimentando-se em direção a uma televisão que está a seu lado. No televisor são mostradas imagens dos melhores momentos do lutador na sua curta carreira até agora.

Daniel Kaiser: You see... não falei bem da minha ambição. Toda a gente sabe que eu estou grato por ter esta oportunidade, mas falta-me falar da minha fome de vitória e da minha vontade enorme de triunfar nesta federação. Porém, já não falta muito para me estrear diante vós. Aliás, está muito mais perto do que aquilo que muitos podem pensar.

A imagem desvanece.

*****

A imagem passa para o parque de estacionamento do pavilhão da Luz, onde vemos Micael Estefari chegar à arena. Depois de sair fechar a porta do carro que o transportou, o lutador luso-italiano apressadamente dirige-se às portas do mesmo local com cara de muitos poucos amigos.

Micael Estefari: Onde é que ele anda?!

O segurança mais próximo fica desconfiado, respondendo-lhe com uma só palavra.

Segurança: Quem?

Micael Estefari: O Valente! Diogo Valente!

O segurança fica na mesma e não tem uma resposta afirmativa para o treinador da vida.

Segurança: Não faço a mais pequena ideia, senhor Estefari. Não o vi entrar.

O lutador que chegou às meias-finais do Masters of the Mat entra pelos bastidores dentro à procura de Diogo Valente com a sua ira no pique tudo por causa da vitória que este lhe custou.

Micael Estefari (exaltado, na esperança que Diogo Valente o ouvisse): Se pensas que vais ficar a rir de mim depois de me custares a possibilidade de lutar pelo título estás muito, mas muito enganado mesmo!

Estefari fala bem alto a ver se Diogo Valente dá sinais de vida, mas nada.

Micael Estefari: Decidiste brincar às escondidas, foi?! Porquê que não me enfrentas como um homem?! Medo de levar no pêlo novamente, é?!

Estefari, bastante furioso, dirige-se a outra secção dos bastidores e empurra a câmara do operador que que o ia filmando, perguntando repetidamente e em bom som pelo "The Midnight Son" e a imagem começa a desvanecer.

*****


Tema: For the Justice

Bernardo Roque: Senhores e senhoras, este combate está marcado para uma derrota! A caminho do ringue, vindo de Porto Alegre, Brasil e pesando 106 Kgs… "O Justiceiro"... Richard FERNANDES!

Tito Ribeiro: Primeiro combate de Richard Fernandes na Ultimate Wrestling League! Na semana passado este brasileiro que se intitula de justiceiro esteve cara-a-cara com um Henrique Coelho absolutamente fulo, após este perder a chance de estar na final do Masters of the Mat!

Michel Baptiste-Bangalter: Quem é este tipo, mesmo?

Tito Ribeiro: Tem um brilhante passado! Richard Fernandes é um antigo polícia e tenta agora a sua sorte no wrestling! Terá a chance de enfrentar um dos mais cotados lutadores da federação neste seu combate de estreia. Veremos finalmente o que vale dentro do ringue!

O lutador brasileiro vai andando calmamente até ao ringue com um distintivo da polícia e um cassetete na mão, querendo mostrar de certa forma a sua autoridade. O público tem em conta a sua coragem em ter abordado Henrique Coelho na semana passada e aplaude o lutador.


Bernardo Roque: E o seu adversário, vindo de São Miguel, Açores e pesando 95kg... "A Sensação Açoriana"... Henrique COELHO!

Tito Ribeiro: Henrique Coelho não vem com cara de poucos amigos!

Michel Baptiste-Bangalter: Se eu tivesse aquele imbecil no ringue para enfrentar eu também não ficava propriamente feliz... ainda leva com o cassetete num sítio que eu cá sei.

Coelho desloca-se rapidamente para o ringue, entra e aproxima-se de Richard Fernandes. O árbitro separa-os logo de seguida e soa a campainha para o segundo combate da noite.


O árbitro David Peralta dá início às hostilidades no combate. Ambos os lutadores começam expectantes a ver o que fará o adversário nesta etapa inicial. Fernandes é o primeiro a tomar a iniciativa, tentando tomar a iniciativa sobre Coelho que não perde tempo e avança imediatamente para um poderoso arremesso de judo deixando o brasileiro plantado! O açoriano levanta o seu adversário e coloca-o por trás de si, apenas para depois voltar a metê-lo ao chão com uma poderosa técnica de judo! O público parece não gostar da forma presunçoso que Coelho está a abordar o combate mas a verdade é que ele não se importa minimamente. Violento Uppercut de Henrique Coelho! O açoriano atira o adversário às cordas, abaixa-se e... Back Body Drop! Elevação espantosa do brasileiro que cai de costas para o tapete. Henrique Coelho não está satisfeito e vai castigando o adversário com murros enquanto este está deitado no ringue. Fernandes parece indefeso neste momento e Henrique Coelho levanta-se, gabando-se ao público. O destino desta contenda parece estar selado.

Henrique Coelho levanta o seu adversário que por sua vez contra-ataca com um European Uppercut! Grande golpe do brasileiro a deixar o seu adversário zonzo! Mas logo a seguir Coelho contra-ataca com uma joelhada na zona abdominal do seu adversário. O português vai às cordas, toma balanço... Fernandes pega-lhe na perna direita e aplica um Flapjack! Coelho foi apanhado desprevenido e bateu com a cara em cheio no tapete. Avança para o assentamento, 1... mas nem por sombras o açoriano irá ceder com tanta facilidade. Murros sucessivos de Richard em Henrique que apesar de tudo não volta a cair no tapete. Body Slam de Fernandes! Vai às cordas, toma balanço e castiga o seu adversário com um Leg Drop! Coelho parece em maus lençóis e por isso mesmo esquiva-se de forma astuta, caindo para fora do ringue. Fernandes não quer que o adversário recupere, portanto vai atrás dele.

Coelho vai-se levantando, mas Fernandes tem aparentemente a situação sob controlo. O brasileiro prende-o por trás e vai partir para o German Suplex, é o que faz... incrível! Henrique Coelho dá um mortal para trás e de forma milagrosa consegue aterrar em pé! Fernandes não perde tempo e vai atrás dele, mas sofre um Belly-to-Belly Overhead Suplex e cai por cima dos degraus! Uma manobra extremamente dolorosa e Fernandes queixa-se das costas que bateram em cheio no aço! Coelho não quer ganhar por contagem e acaba por colocar o seu adversário no ringue com contagem de 8. Assentamento, 1... 2... Fernandes ergue o ombro e evita a derrota. O brasileiro parece estar em maus lençóis.

Henrique Coelho parece dominar o combate nesta altura! O açoriano vai às cordas... Powerslam de Richard Fernandes num golpe de desespero! Assentamento, 1... 2... mas Henrique Coelho safa-se deste susto! Suplex do justiceiro que agora aplica mais um Leg Drop! O público vai gostando destas últimas demonstrações ofensivas do brasileiro e parece que está na hora do mesmo terminar com o combate! Henrique Coelho está indefeso e o brasileiro vai avançar para o Samoan Drop, tem-no preso nos ombros! Coelho esquiva-se e dá uma cotovelada no crânio de Fernandes que fica zonzo! Inverted DDT do açoriano! que parece estar por cima do combate agora! Fernandes aterrou mal e está queixoso! Henrique Coelho não quer saber, prende-o e... German Suplex! O açoriano está fulo e mostra uma intensidade rara! Corre em direção ao seu adversário e... Voo do Açor!

A manobra de submissão está presa no brasileiro que tenta desesperadamente chegar às cordas! O mesmo vai-se arrastando e está a fazer progresso! Está quase na corda inferior, mas... Henrique Coelho arrasta o seu adversário para o meio do ringue! Fernandes não consegue suster a dor e acaba por desistir!


Bernardo Roque: O vencedor deste combate... "a sensação açoriana"... Henrique Coelho!

Tito Ribeiro: Não é propriamente um choque a vitória cair para o lado de Henrique Coelho. É um lutador mais rodado e com um ritmo bastante superior, isso foi evidente durante quase todo o combate. Espero que o Richard consiga vitórias no futuro porque contra um adversário destes, a verdade é que não se bateu mal de todo.

Michel-Baptiste Bangalter: Ai não, foi horrível! Nem cheirou!

Tito Ribeiro: Não sejas assim! Tivemos um combate bastante equilibrado para abrir a noite e a estratégia de Gancho acaba por trazer mais resultados. Depois da guerra que travaram na semana passada, não me parece que esta será a última vez em que estes dois estarão juntos num ringue.

À medida que Fernandes vai abandonando o ringue, meio a cambalear, Henrique Coelho exige um microfone a Bernardo Roque e parece continuar não muito satisfeito.

Henrique Coelho: Meus brassads, meus brassads.

O público parece intrigado pois não sabe o que Henrique Coelho irá dizer.

Henrique Coelho: Como vocês sabem, estou poderios de zangado porque fui eliminado do torneio Masters of the Mat por aquele atoleimado do Jorge Gante. Corisco mal amanhado...

Ainda no ringue, Henrique Coelho vira-se para os bastidores e vê que o brasileiro Richard Fernandes ainda está a subir a rampa, queixoso do braço..

Henrique Coelho: Pega drêt, brasileiro! Falando de coisas sérias agora. Aquele atoleimado tirou-me a chance de lutar pelo título Undisputed da UWL e não estou contente com isso. Mas vocês todos viram o meu domínio perante aquele lutador que vai cambaleando ali na rampa. E, mais importante que vocês terem visto aqui na plateia, foi o Bruno Pavão ter visto o combate lá atrás.

O açoriano continua a discursar.

Henrique Coelho: E é importante porque estou certo que vou sair do Battlecry com ouro na minha cintura. Depois desta demonstração de hoje, contra este brasileiro, é bastante óbvio que o Bruno Pavão vai refletir e vai fazer o que é correto: dar-me uma oportunidade por um título no próximo domingo. Contra factos não há argumentos e esta prestação fala por si.

A sensação açoriana deixa cair o microfone e a sua música toca. O mesmo abandona o ringue e a imagem passa agora para os bastidores.

Vemos Bruno Pavão calmamente sentado no conforto da sua secretária a ver o fim da palavras de Coelho. Ele está a analisar os lutadores para decidir quem terá oportunidades pelo Gen-X e pelo Hardcore.



Bernardo Roque: Senhores e senhoras, este combate está marcado para uma derrota! A caminho do ringue, vindo de Coimbra e pesando 82 Kg… James... "Havoc"... BRANDÃO!

Tito Ribeiro: Aí vem o miúdo! Ele bateu Delmar Bento na semana passada e estou entusiasmado para ver o que realmente conseguirá fazer contra Cheryshenko. Mas receio que não esteja muito otimista em relação às suas chances.

Michel Baptiste-Bangalter: Pausa para ir à casa de banho. São os dois chatos.

O lutador oriundo de Coimbra desloca-se a passo até ao ringue, muito concentrado.


Bernardo Roque: E o seu adversário, oriundo da Rússia e pesando 133kg, o "Bolshveik"... Andrei... Cheryshenko!

Tito Ribeiro: Imponente este russo que nunca perdeu um combate na sua vida. James Brandão parece confiante, mas como disse não estou muito confiante nas suas chances contra este monstro soviético. Vamos ver o que nos reserva este combate!

Michel Baptiste-Bangalter: Aborrecidooooooooo!

Após o final da pirotecnia, Cheryshenko olha para James como se fosse um homem em missão. Sobe o ringue e continua a olhar de forma intensa para Brandão.

Soa a campainha e começa o combate.



O árbitro está no centro do ringue e dá sinal ao contador de tempo para soar a campainha. James Brandão parece cheio de energia e avança lentamente perante Andrey Cheryshenko que está no centro do ringue com um ar bastante focado e intenso. Brandão desfere um soco na barriga de Andrey mas o Russo não é afectado. Brandão desfere novamente um murro na zona abdominal de Cheryshenko e o mesmo acontece. Cheryshenko esboça um leve e frio sorriso batendo com a sua mão direita nos seus abdominais. O público está a vaiar o Russo e parece estar do lado de Brandão... Brandão encolhe os ombros virando as costas ao Russo e repentinamente vira-se na sua direcção... PUNCHLINE! Cheryshenko estava com a guarda baixa mas... inacreditável!

Cheryshenko continua imóvel após um soco na garganta! Brandão fica com uma cara de espanto e bastante confuso... O russo fartou-se e aplica um takedown derrubando Brandão com autoridade, batendo ele com a cabeça no chão. Vemos Cheryshenko a desferir bastantes murros num movimento topico de Mat Wrestling muito visto das Mixed Martial Arts! O Bolshevik ataca sem compaixão Brandão com murros potentes na sua cabeça... Brandão tenta-se defender e Cheryshenko faz-lhe um Headlock aplicando várias e dolorosas joelhadas na zona das costelas de Brandão... Subitamente o russo levanta o jovem Havoc... BELLY TO BELLY OVERHEAD SUPLEX! Perfeitamente executado! Brandão levanta-se de imediato queixando-se das costas, tenta ir para o takedown mas o russo agarra-o levantando-o no ar em posição de Powerbomb! Que força do Bolshevik!

Brandão está numa má situação... Cheryshenko ergue brandão no ar... JACKNIFE POWERBOMB para fora do ringue!!! O Havoc pode estar seriamente lesionado!! O jovem lutador português teve uma queda muito feia no chão... O árbitro começa a contar...1...2....3....4....Brandão começa a arrastar gritando de dor nas costas até à borda do ringue...5...6...7....Cheryshenko ergue o punho no ar celebrando a vitória... 8....9.... Brandão entra no ringue! Que atitude do jovem Havoc! Ele levanta-se queixando-se das costas em grande esforço e vai directo a Cheryshenko e dá um estalo ao Russo!!! Brandão pergunta se é tudo o que Cheryshenko tem para dar!! O Russo fica furioso e desfere um potente uppercut derrubando Brandão... Cheryshenko levanta Brandão... German Suplex!! O Russo não larga... Aplica um segundo!! Continua sem largar... aplicando o terceiro! o quarto! o quinto! o sexto!! Brandão já era!! 1....2........ Brandão safa-se!!

Resilência notável do lutador Português! Vemos Brandão combalido a ofender Cheryshenko e desafiá-lo a esforçar-se mais! Cheryshenko levanta-o... Spine Buster a fazer lembrar Arn Anderson! O russo faz um ar bastante cruel e dá sinal que está na hora do seu finisher... Ele levanta Brandão lentamente ouvindo-se a respiração ofegante de Brandão que se tenta libertar do russo sem qualquer sucesso... MOLOTOV!!! 1.......2........ Brandão safa-se!! Impressionante!! Cheryshenko pela primeira vez começa a mostrar emoções de raiva! Ele levanta novamente Brandão.... MOLOTOV!!! Segundo finisher em segundos! Será suficiente?? 1.....2......................Não!!! Brandão novamente!!!

Brandão levanta-se lentamente e com dores completamente acima do que um ser humano pode aguentar... ele levanta-se muito combalido com a ajuda das cordas. Cheryshenko está parado a olhar para Brandão como que algo surpreendido porém confiante num desfecho favorável para si. Vemos Brandão a olhar seriamente Cheryshenko cerrando os dentes... "É tudo o que consegues fazer seu filho da puta???" ouve-se Brandão dizer, mostrando o dedo do meio ao Russo. Ele pode não perceber Português mas isso é Universal! Cheryshenko corre directo a Brandão e aplica o Kopye!!! Brandão cai para fora do ringue, completamente destruído e Cheryshenko também... O russo levanta Brandão e aplica uma Powerbomb no lado exterior do ringue!! Cheryshenko não o larga... Nova Powerbomb mas desta vez nas escadas de aço!! O russo está a tentar terminar a carreira de Brandão... O Bolshevik atira Brandão para dentro do ringue...

Desta vez parece não haver mais hipótese nesta brava acção de resistência de Brandão perante o domínio sem precedentes de Cheryshenko! Cheryshenko está de pé no centro do ringue, a plateia está louco e de pé a puxar pelo Havoc que parece ter conquistado a mesma hoje!! O russo faz sinal que vai terminar... Brandão tenta-se levantar agarrando-se as botas de Cheryshenko... O russo não perde tempo e agarra em Brandão... MOLOTOV!!! 1.....2......3!!


Bernardo Roque: O vencedor deste combate... Andrey... Cheryshenko!

Tito Ribeiro: Mais uma demonstração imponente deste russo que está a levar de tempestade a Ultimate Wrestling League. É dos homens mais requisitados, mas ao mesmo tempo um dos mais misteriosos. Vamos ver o que o futuro lhe reserva!

Michel-Baptiste Bangalter: Ele só ganhou porque o Brandão é masoquista.

Tito Ribeiro: Masoquista ou não, a verdade é que se aguentou muito bem. Mas temo que não tenha sido suficiente para bater uma besta como este Bolshveik!

O público aplaude a coragem de James Brandão que acaba por ser em vão. O russo abandona o combate sem um arranhão, tal e qual como entrou. O público definitivamente não gosta deste lutador.
avatar
Shotgun
Shotgun Eddy

Mensagens : 207
Data de inscrição : 26/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MONDAY NIGHT KEROSENE #3 (SIC-R) - (19/01/2015)

Mensagem por Shotgun em Seg 19 Jan 2015, 19:06

Vemos James sentado numa cadeira, acompanhado por dois médicos nos bastidores do pavilhão da Luz. Ele está bastante mal tratado devido ao combate dele com o russo Andrei Cheryshenko. Queixa-se bastante das costas principalmente, mas a zona mais mal tratada é mesmo a face que está bastante vermelha prevendo-se que fique negra no dia seguinte.

Vai conversando com os médicos sobre a sua condição física depois do combate, alertando-o para não exagerar tanto da próxima vez. Repentinamente, alguém chega por trás com um bastão e acerta mesmo em cheio nas costas do “Havoc”. O mesmo caiu para a frente a queixar-se das costas depois de ter sido atacado à traição.

O homem que atacou James é Delmar Bento que ainda não se esqueceu do combate passado e parece querer vingar-se por ter perdido no último Kerosene. Ele volta a atacar com o bastão as costas de James. Delmar não está para brincadeiras, levanta o lutador de Coimbra, ataca a sua face com alguns murros e aplica o seu Chokeslam deixando James a contorcer-se no chão cheio de dores.


Delmar: Pura sorte! NUNCA MAIS me irás vencer daquela forma!

No instante a seguir volta a descarregar a raiva com o bastão em cima das costas de James, que é forçado a ter que resistir a dores muito fortes.

Delmar: E mais, eu não vim só aqui para te vergar sobre mim de maneira a sentires o que eu senti depois de ter perdido por roll-up, não… não… eu vim entregar uma mensagem! Diretamente do escritório de Bruno Pavão e a mensagem é que no Battlecry serei eu… Delmar Bento… contra… ti… James Brandão… pelo título Hardcore num falls count everywhere!

Depois de entregar a mensagem Delmar volta a atacar o pobre coitado, mas rapidamente alguns seguranças agarram e "The Wall" e levam-no para fora de cena.

*****

A imagem subitamente surge no escritório de Bruno Pavão que continua atentamente no seu escritório particular a acompanhar este Kerosene #3 no Pavilhão da Luz, propriedade do Sport Lisboa e Benfica, numa televisão que tem colocada dentro do seu principal local de trabalho.

O Presidente está calmamente sentado na sua secretária com o seu habitual fato e grava esboçando um ar que ao mesmo tempo aparente ser sério porém ligeiramente satisfeito enquanto assiste ás acções de Delmar Bento que afirmou ter um combate 'Falls Count Anywhere' contra James Brandão no Pay-Per-View Battlecry, dia 25 de Janeiro pelo estreante UWL Hardcore Championship.

Subitamente Bruno Pavão olha para a câmera, percebendo que a transmissão mudou para o seu escritório. Ele olha mantendo a sua postura confiante e ligeiramente satisfeita.


Pavão: É verdade. Como comuniquei ao Delmar Bento, que teve a elegância de divulgar a minha decisão... posso por este meio confirmar que teremos Delmar Bento contra James Brandão pelo UWL Hardcore Championship no Battlecry no próximo domingo dia 25 de Janeiro...

O Presidente ergue ligeiramente o queixo colocando uma postura arrogante.

Pavão: Posso também comunicar a todos os funcionários e a todos os fãs da Ultimate Wrestling League que o UWL Gen-X Championship, que como sabem, já tem Fedrix como um dos candidatos... Será um Gauntlet Match. Agora, perguntam-se vocês... Com quantos membros? Quais serão os participantes? Pois bem.

Bruno Pavão sorri ligeiramente.

Pavão: Considero-me uma pessoa justa que valoriza a competição. E sinceramente falando em competição... Acho que não vi a suficiente hoje. Gostaria de ver o desejo dos wrestlers da Ultimate Wrestling League em serem campeões e bem-sucedidos nesta indústria. Como tal, esses dados em relação a quantos e quais serão os participantes... Não serão divulgados. Para além do Fedrix, qualquer lutador da Ultimate Wrestling League que se ache digno de participar neste Gauntlet Match pelo Gen-X Championship... terá até...

O Presidente olha para o relógio com um ar arrogante por breves momentos, voltando a olhar para a câmera.

Pavão: Terça-Feira ás 23h59 para me enviar um video explicando o porquê de serem uma mais-valia num combate desta magnitude ou de serem sequer dignos de terem ouro à sua cintura numa federação colossal como a minha. Usem a criatividade... Estarei à espera. E... despachem-se. O relógio não para e tempo... é dinheiro.

A imagem desvanece lentamente com o sorriso amargo de Bruno Pavão.

*****

A imagem vai para o backstage. Vemos Ricardo Soares, uma cara familiar do Wrestling em Portugal que agora trabalha como Road Agent na Ultimate Wrestling League! Ele parece muito bem disposto e vai cumprimentando alguns funcionários pelo caminho...

O som dos seus sapatos ecoam à medida que o mesmo caminha, vestido com a indumentária típica de um Road Agent da Ultimate Wrestling League, de sapato preto, calças pretas e um polo preto com o logo da federação. Subitamente o som dos seus sapatos altera-se um pouco numa zona mais isolada do backstage onde se ouve como que ele a pisar uma poça de água.

Ricardo Soares para lentamente, olhando para cima com um ar um pouco angustiado.


Soares: Oh não... A canalização falhou mesmo.

Subitamente ele olha para baixo e vê que pisou uma pequena poça vermelha que aparenta ser sangue. Soares fica algo confuso e assusta-se por breves milésimos de segundos mas recupera rapidamente a sua compostura. Ele vê que esta pequena poça de sangue jorra por debaixo da porta mais próxima, que está à distância de um palmo dele.

Ricardo Soares lentamente aproxima-se da porta, algo cauteloso e bate à mesma. Após vários segundos, não há resposta e Soares insiste novamente... Novamente sem resposta. Soares lentamente abre a porta e de súbito vê um lutador inanimado a sangrar abundantemente da cabeça a cair no chão, visto que estava encostado à porta!


Soares: Mas... quê...?!!

É Micael Estefari! Compeltamente incosciente. Soares ajoelha-se, colocando a cabeça de Estefari como que encostada ás suas pernas, ele coloca a mão no pescoço de Estefari para checar se ele ainda respira à medida que olha para o balneário e vê uma cena de guerra no mesmo, com muitos objectos partidos, malas desarrumadas com roupas no chão. De notar que a parede tem vestígios de sangue. Soares fica algo assustado olhando para os lados não vendo ninguém.

Soares: Preciso de ajuda aqui!! Onde estão os médicos??

Ricardo Soares dá como que uns pequenos estalos a Estefari sem resposta.

Soares: Micael? Micael? Sou eu. Estás a ouvir-me?

Os médicos chegam rapidamente ao local, ficando espantados com o cenário quase de crime que encontram. Eles prestam primeiros socorros a Micael... Ricardo levanta-se, assistindo a tudo... ele olha para a porta e vê um vulto ao longe de casaco de cabedal com uma t-shirt preta por dentro, calças de ganga e botas negras estilo militar.

Soares: Ei! Tu!

O vulto observa à distância Ricardo Soares virando-lhe as costas e saíndo por uma saída de emergência que está ali perto. Soares não arrisca persegui-lo e vira-se para trás observando os médicos a assistir Estefari que parece estar a ser estabilizado.

Soares: Aquela figura...

Ricardo Soares faz uma breve reflexão.

Soares: Não me pareceu nada estranha...

Ricardo Soares entretanto repara num papel que está perto de Estefari no chão, agarrando-o. O papel é branco e tem escrito Supremacy a preto estando com um pequeno adesivo uma rosa negra lá coalda. Vemos Soares intrigado e os médicos a colocar Estefari numa maca à medida que a imagem desvanece e passa para o ringue, onde irá Jorge Gante irá saber quem é o seu adversário.


Bernardo Roque: Senhores e senhoras, este combate está marcado para uma derrota onde Edward Hosking escolhe o adversário de Jorge Gante! A caminho do ringue, vindo da Covilhã e pesando 99Kg… Jorge GANTE!

Tito Ribeiro: A verdade é que Edward Hosking já sabe o seu adversário, mas Gante chega ao ringue sem qualquer pista de quem é o seu adversário! Está completamente às escuras.

Michel Baptiste-Bangalter: Sou eu... mas doem-me as costas. Não vou poder combater.

Tito Ribeiro: É a segunda vez que Jorge Gante aparece hoje no evento, mas é aplaudido e apoiado da mesma forma! Provavelmente uma das ovações da noite para o lutador da Covilhã que não parece nada intimidado com as suas chances no seu combate!

Jorge Gante chega a meio da rampa, onde fecha os olhos e abre os braços, em posição de Cristo. É aí que do nada Edward Hosking vem a correr pela rampa abaixo e ataca por trás o lutador português com violência! O inglês é imediatamente vaiado pelo público no pavilhão na Luz mas não se parece importar. O seu adversário no Battlecry levanta-o, atirando-o de costas para a borda do ringue!

Tito Ribeiro: Ei!? Mas o que vem a ser isto!? Edward Hosking aparece do nada e ataca Jorge Gante de forma cobarde. Atitude deplorável do inglês que irá defrontar Gante no próximo dia 25. Alguém que pare com esta palhaçada...

Michel Baptiste-Bangalter: Genial!

Hosking continua a atacar Gante! O inglês acaba por atirar de qualquer maneira o seu rival contra os degraus! Após atirar Gante contra as barreiras de proteção, ele que está indefeso, Hosking exige imediatamente um microfone. O público quase que abafa as suas declarações com imensos apupos.

Edward Hosking: Saber quem está atrás de ti é uma virtude!

Pontapé violento do inglês no rosto de Gante.

Edward Hosking: Finalmente... o teu Pick Your Poison de hoje será contra alguém que não se importa de sofrer danos, alguém que não se importa de jorrar sangue e que está faminto por causar destruição. Apresento-te o teu adversário de hoje... CHRIS... WICKINGS!


Bernardo Roque: Apresentando o veneno de Edward Hosking, oriundo de Inglaterra e pesando 79kgs... "O Último"... Chris WICKINGS!

Tito Ribeiro: O que acaba de fazer Edward Hosking. Vai dar de comer ao abutre...

Michel Baptiste-Bangalter: Esperemos que as habilidades de Wickings neste combate sejam melhores que a sua capacidade de dominar a língua inglesa. Caso contrário até com um dedo o Gante vence isto, infelizmente.

Wickings anda rapidamente até ao ringue enquanto Hosking, sorridente, ruma aos bastidores. O inglês está pronto para combate enquanto Jorge Gante vai subindo lentamente até ao ringue, por muito magoado que esteja. Quando ambos se encontram dentro do ringue, o árbitro David Peralta não tem outra escolha senão soar a campainha.


Jorge Gante dá o OK ao árbitro e parece estar em condições de começar o combate, mas Wickings aproveita e rapidamente encosta o português ao canto e castiga-o com sucessivos murros quer de esquerda, quer de direita! Gante está visivelmente magoado e acaba por se sentar no tapete, encostando ao canto. Wickings toma balanço e atinge-o com um Dropkick em cheio! Gante deita-se no ringue e parece que o combate pode acabar muito pouco tempo depois de começar. Wickings mantém um olhar intenso enquanto o seu adversário tenta recuperar.

Gante tenta levantar-se e acaba por cabecear Wickings por múltiplas ocasiões! O público reage muito positivamente e grita repetidamente o nome de Jorge Gante! O mesmo sente que este pode ser o seu momento de mudar as coisas! Parece que vai para o STO... não! Chris Wickings acaba por atingir o seu adversário com um violento pontapé que o projeta para fora do ringue! O inglês parece possuído e vai arriscar! Vai às cordas, toma todo o balanço que pode e lança-se por entre a segunda e terceira corda para o Suicide Dive mas Gante esquiva-se e é Wickings que vai parar à rampa de acesso ao ringue com um voo impressionante mas que o prejudica imenso! É esta a abertura que Jorge Gante precisa para ganhar algum tempo, para respirar melhor! O lutador da Covilhã entra no ringue e vê o público ao rubro... Jorge Gante!? O que vai fazer ele!? O lutador português vai às cordas, toma balanço e aplica um Suicide Dive da sua autoria, este com sucesso! O português fez o que o seu adversário não conseguiu e parece agora estar a tomar conta do combate! Vai colocando as mão às costas, ainda visivelmente magoado, mas isso não o impede de estar por cima nesta contenda neste momento! O inglês vai-se tentando levantar, Gante vai até às barreiras de proteção... toma balanço e atinge o adversário com um violento Shining Wizard!

O árbitro vai na contagem de 7 e é Gante que coloca o seu adversário no ringue, pois não quer vencer por desclassificação. O português parte para o assentamento, 1... 2... Wickings safa-se por pouco! Gante parece ter todo o tempo do mundo para acabar já com o combate! O inglês está em posição! O finalista do Masters of the Mat coloca a cabeça do adversário entre as pernas e parece efetuar o seu ritual para o Vernal mas Wickings esquiva-se! Pontapé na zona abdominal do português seguido de um Inverted Atomic Drop! Movimento característico em Wickings que vai às cordas e tenta agora o Big Boot mas Gante passa por baixo e no instante que Wickings se vira leva com uma valente cotovelada do português! Lá vai O Último ao chão! Assentamento, 1... 2... Wickings ergue o ombro a tempo de se safar de mais uma derrota. O público puxa por Gante que mesmo lesionado está a mostrar uma garra impressionante e está a dominar o combate nesta altura!

O português está notoriamente melhor e levanta o seu adversário que tenta um pontapé no seu estômago mas Gante caça-lhe a perna! O que vai fazer... Enziguri de Wickings que avança imediatamente para o assentamento, 1... 2... Jorge Gante foi apanhado desprevenido mas nunca pareceu que este golpe fosse terminar o combate. O inglês tenta aproveita a oportunidade para mudar o rumo dos acontecimentos e coloca-se na borda do ringue! Gante vai-se levantando... Wickings salta para a Springboard Clothesline... OH MINHA NOSSAAAAAA! O que acabamos de ver! Jorge Gante apanha Wickings com uma joelhada no meio do ar que se ouviu em todo o pavilhão! Impressionante o coração e garra do português! A arena coloca-se de pé e este vai mesmo ser o fim! Gante coloca o adversário em posição, junta as mãos frente ao rosto e reza durante breves segundos... VERNAL! VERNAL! VERNAL! Depois de um dos momentos mais fantásticos da história da federação eis que Gante atinge o inglês com o derradeiro golpe! Assentamento do português, 1... 2... 3! É mesmo vitória para Jorge Gante!


Bernardo Roque: O vencedor deste combate... Jorge... GANTE!

Tito Ribeiro: Que brilhante demonstração de Jorge Gante, simplesmente impressionante! Mesmo depois da sova às mãos de Hosking, o português acabou por estudar da melhor forma Chris Wickings durante o combate e aproveitar porventura a falta de critério do adversário! Uma vitória da matreirice de Jorge Gante que mostra que poderá fazer frente a Hosking nesse aspeto...

Michel-Baptiste Bangalter: Ainda estou a ouvir o eco daquela joelhada. Filha da...

Tito Ribeiro: Jorge Gante vence e muito bem! Que grande combate! O português mostra grandes apontamentos e parece estar mais do que preparado para lutar no Battlecry!

A imagem desvanece com Jorge Gante de punho erguido e cerrado. Intervalo de 2 minutos antes do evento principal que irá colocar Alex Torres e Edward Hosking frente-a-frente.

*****


Tema: Scooter - Fire

Bernardo Roque: Senhores e senhoras, este combate está marcado para uma derrota onde Jorge Gante escolheu o adversário de Edward Hosking! A caminho do ringue, acompanhado por Natália Oliveira, vindo de Lisboa e pesando 100Kg… Alexandre TORRES!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Alexandre Torres e Natália Oliveira surgem no topo da rampa, devidamente equipados, e começam a caminhar rumo ao ringue.

Tito Ribeiro: E olha quem vem aí, Michel, é o homem do momento, Alex Torres! E vem acompanhado pela sua belíssima esposa, Natália Oliveira!

Michel-Baptiste Bangalter: Outra vez este idiota não…Não sei como é que aquela mulher o aguenta.
Tito Ribeiro: Se eu fosse a ti não falava assim do Alex tão perto da Natália, olha que ela tem mais músculo do que tu, Michel, a coisa não ia correr bem.

A câmara foca uma imagem de Bangalter a olhar de soslaio para Tito com um ar mal encarado, enquanto o comentador veterano se ri. Alex Torres e Natália Oliveira estão já dentro do ringue e a ex-lutadora de MMA pede um microfone.

ALEEEEEEEEEEEEEEZZZ!! ALLEEEEEEEEEEEEEEEEZZ!!! ALLEEEEEEEEEEEEEEEZZ!!! ALEEEEEEEX!!! ALEEEEEEEEEEEEX!!!

Tito Ribeiro: Bem, e parece que este rapaz já tem cântico e tudo!

Michel-Baptiste: Eu não acredito, simplesmente não consigo acreditar…

Natália pede calma ao público com as mãos, e os fãs assentem ao seu pedido, ficando a arena em silêncio passado pouco tempo.

Natália Oliveira: Boa noite a todos. Eu não quero perder muito tempo aqui. Queria só deixar uns agradecimentos antes do Alexandre se estrear em ringue aqui na UWL. Primeiro de tudo, quero agradecer a vocês, fãs, por todo o apoio que têm dado ao meu marido no início desta caminhada.

O público bate palmas, mas não de uma forma muito efusiva, mostrando respeito pela ex-lutadora de MMA. A expressão de Natália torna-se um pouco mais séria e intensa.

Natália Oliveira: E em segundo lugar, a Jorge Gante, por ter escolhido o Alex para este combate. É, sem dúvida, uma excelente oportunidade esta do meu marido se estrear logo num Main Event de um show contra um atleta do calibre do Edward Hosking. Quanto a mim é uma chance única para mostrar, desde o primeiro momento, que tudo aquilo que eu e o Alexandre andamos a dizer acerca das suas qualidades dentro do ringue é verdade. E uma vitória hoje sobre o Edward Hosking será uma mensagem bem clara a todo o Universo da UWL, uma mensagem que diz que o Alexandre Torres é alguém que deve ser levado a sério. É por essa vitória que lut...



Bernardo Roque: E o seu adversário, vindo de Inglaterra e pesando 104Kg... Edward... HOSKING!

Tito Ribeiro: E parece que Edward Hosking quer construir uma reputação a interromper os outros. Primeiro, interrompe a entrada de Jorge Gante atacando-o violentamente ainda há minutos. Agora, por incrível que pareça, volta a interromper desta feita Natália Oliveira.

Michel-Baptiste: Já não era sem tempo...

Sem rodeios, Hosking desloca-se a passos largos até ao ringue e André Esteves soa a campainha para o último combate da noite.


A campainha soa e inicia-se o último combate da noite. O público está altamente expectante para esta contenda e ambos os lutadores começam a andar à volta no ringue vendo como vão começar. Alexandre é o primeiro a tomar a iniciativa e aproxima-se do adversário, mas é o inglês que se consegue esquivar e aplicar o Chinlock de forma a fustigar o português desde os primeiros instantes. Alexandre esquiva-se quase no mesmo segundo e Natália Oliveira aplaude o seu marido. O britânico sorri enquanto Alexandre parece bastante concentrado, na verdade. Hosking por breves momentos acaba por se distrair e é Torres que parte para a ofensiva com um takedown! O inglês está de barriga no tapete e por cima dele está o estreante a prender-lhe o corpo, fazendo pressão na sua zona abdominal. Início de combate muito lento com ambos os lutadores a recorrerem e bem ao mat wrestling. Hosking consegue ser mais forte que o adversário, colocando-se de pé e empurrando o adversário às cordas para depois prender o Bear Hug!

Manobra de submissão presa em Alexandre que vai aplicando cotoveladas no rosto do seu adversário e consegue mesmo livrar-se da manobra! Pontapés do estreante nas pernas do inglês que num primeiro momento não vai ao chão, mas Alex muda isso quando aplica um Flip-Over DDT! O público gosta e o português parece querer ganhar ímpeto desde cedo! O inglês levanta-se e leva com mais um DDT! Natália aplaude o português que, lentamente, levanta o seu adversário. Hip Toss de Torres que deixa o adversário meio sentado, meio ajoelhado no meio do ringue... o português vai às cordas... tenta o Shinning Wizard mas Edward acaba por rebolar e esquivar-se duma manobra que certamente seria dolorosa!

Torres aproveita agora para aplicar um Dragon Sleeper no seu adversário! Porém o inglês chega às cordas rapidamente e o adversário é obrigado a quebrar a manobra. Natália Oliveira incentiva o seu marido que se distrai momentaneamente com as suas palmas e isso é suficiente para o instinto matador de Hosking vir ao de cima! O inglês levanta-se rapidamente e apanha o português desprevenido com uma cotovelada no rosto, aplicando logo de seguida um Snap DDT! Assentamento, 1... Torres não tem qualquer problema em safar-se deste golpe que valeu mais pelo facto de ter sido muito repentino. O inglês vai às cordas e aplica um belíssimo Jumping Lariat em Torres que cai com estrondo de costas no tapete! Hosking parece afirmar o seu domínio nesta fase do combate e Natália Oliveira, ainda muito calma, diz a Alex para se levantar rapidamente. Edward olha para Natália e manda-a calar. Quando se vira é apanhado por um pontapé de Torres, ainda no chão. O mesmo levanta-se depois e aplica um estrondoso Standing Shooting Star Press! O público vai ao rubro e vai para o assentamento, 1... 2... Hosking safa-se de forma relativamente tranquila.

O público puxa por Alex que parece estar entusiasmado com todo este ambiente! O português vai ao canto superior! Espera que Edward se levante e está pronto para o atingir com o Missile Dropkick! Natália está expectante... Alex aplica com sucesso o movimento da corda superior que atinge o inglês no peito! O estreante avança para o assentamento com uma corrida tão rápida que quase cai! 1... 2... por pouco, mas Hosking safa-se! Natália Oliveira já parecia pronta a celebrar a vitória do seu marido! O público já estava de pé mas volta a sentar-se! Alex cerra o punho e abana-o, como que sinalizando que este é o momento para terminar tudo! Vai para o seu golpe derradeiro, o qual chama de Adeus! Corre em direção a Hosking, vai plantá-lo!! NÃOOOO!!! Que cotovelada de Hosking em cheio no rosto de Torres que pode ter ficado inconsciente! Assentamento, 1... 2... NÃO! Torres resiste e o público celebra como se de uma vitória do estreante se tratasse!

Hosking enumera uma série de palavrões em inglês e é troçado pela plateia! O mesmo, extremamente objetivo, mostra-lhes o dedo do meio... o finalista do Masters of the Mat vai agora levantar Torres que conta-ataca com sucessivos pontapés! Nas pernas! No estômago! No peito! No rosto! O inglês é completamente bombardeado por pontapés do português que cai ao chão! ROMERO SPECIAL CONVERTIDO EM DRAGON SLEEPER! O golpe que Torres chama da submissão perfeita! Edward está no meio do ringue e parece que não tem outra opção senão desistir! O inglês tem o braço estendido no ar e parece que vai desistir a qualquer momento! Vai baixar a mão! Vai baixar! NÃO! Muda de ideias e vai ganhando centímetros à procura das cordas! Torres vai resistindo e prende o golpe com mais intensidade! Hosking força uma última vez e acaba por chegar às cordas depois de muito esforço! Natália Oliveira está com as mãos na cabeça! Parece que este era o fim!

O público na fila da frente vai batendo contra as barreiras de proteção, tal é o entusiasmo! Grande combate que estamos a ter no Kerosene!! Torres está pronto para terminar isto, Edward Hosking vai-se levantando com a ajuda da corda do meio! O estreante vai para o pontapé... falha! Corner Clothesline de Hosking! Vai para o Big Boot... NÃO! TORRES ESQUIVA-SE E VAI EM DIREÇÃO À BORDA DO RINGUE! Sobe e... Crossbody! Não! INCRÍVEL! Hosking contra-ataca, pega em Torres em pleno voo e aplica um Spinebuster violentíssimo! Assentamento, 1... 2... não! Torres não morre neste combate!

Natália incentiva o seu marido que se tenta levantar o mais rápido possível! Hosking está absolutamente fulo! Murro de Torres! Murro de Hosking! Troca de murros no centro do ringue! Ambos vão às cordas e... dupla Clothesline! Absolutamente incrível! Ambos os lutadores pensaram no mesmo e estão agora estatelados no meio do ringue. HOLY SHIT! HOLY SHIT! HOLY SHIT! É isto que vai cantando o público no Pavilhão da Luz! AS LUZES VÃO ABAIXO! A iluminação no pavilhão da Luz apaga-se por alguns segundos! Quando a luz volta vemos Hosking de pé e Torres ainda estatelado no meio do ringue! O árbitro não sabe o que se passou e Natália Oliveira, assim como o público, estão indignados! O inglês com um sorriso no rosto parte para o assentamento! 1... 2... 3! Vitória para Edward Hosking após mais um final controverso!


BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! FILHO DA PUTA! GATUNO! GATUNO! GATUNO!

Bernardo Roque: O vencedor deste combate... Edward... HOSKING!

Tito Ribeiro: Que combate absolutamente genial. Dois lutadores que deixaram tudo dentro do ringue. Fantástica, monstruosa demonstração de Alexandre Torres que está de parabéns! Mas como é óbvio, um duelo deste calibre não merecia um final vergonhoso como este! E, novamente, Edward Hosking vence com ajuda de terceiros. Esta semana foram as luzes... da próxima vez o que será? Sinceramente!

Michel-Baptiste Bangalter: Não te consigo perceber, às vezes. Mas não vês que a iluminação faltou? Já aconteceu o mesmo no estádio da Luz, porque é que no pavilhão há de ser diferente? Só teorias da conspiração, Tito...

Tito Ribeiro: Chama-lhe teorias! Edward volta a ganhar injustamente!

Natália Oliveira verifica o estado de Alexandre Torres, que apenas agora se começou a mexer. A sua esposa e treinadora tenta de alguma forma descobrir o que se passou, enquanto Edward abandona o ringue e vai começar a subir a rampa. Toca o tema de Jorge Gante!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH


Tito Ribeiro: É Jorge Gante!

O adversário de Edward Hosking no Battlecry está no outro extremo da rampa. O mesmo ergue o braço e diz bem alto que no domingo o título é dele. A imagem desvanece com uma troca de olhares intensa de ambos os lutadores que se irão enfrentar pelo UWL Undisputed Championship!
avatar
Shotgun
Shotgun Eddy

Mensagens : 207
Data de inscrição : 26/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MONDAY NIGHT KEROSENE #3 (SIC-R) - (19/01/2015)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum