Escolhe o teu veneno.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Escolhe o teu veneno.

Mensagem por Sabor Gerações em Qui 15 Jan 2015, 19:36

A sua casa ficava isolada algures no mistério da Serra da Estrela. As paredes revestidas de madeira contrastavam com a janela que anunciava lá fora um manto branco, nevado - o reflexo mais cru e belo do Inverno. Em frente à janela uma secretária, também ela de madeira, coberta de papéis espalhados e desorganizados, com um cinzeiro abandonado numa das pontas, cheio de beatas.

Jorge Gante sentado em frente à secretária; vestido com uma camisa de flanela cor de vinho e umas calças de ganga negras, observava atentamente os papéis diante dos seus olhos.


Jorge Gante (falando sozinho): Vamos lá a isto.

O finalista do Master of the Mat debruça-se sobre os papéis: em cada um deles está escrito o nome de um lutador da Ultimate Wrestling League e informações respectivas sobre o mesmo.

Após alguns segundos de reflexão, afasta rapidamente alguns nomes, entre eles lutadores como Henrique Coelho, seu adversário no último Kerosene e já agendado para o próximo. Deixou apenas por perto o processo de três indivíduos.

Retirou o maço de tabaco do bolso da sua camisa e acendeu um cigarro. Então pegou num dos processos, pertencia a Delmar Bento.


Jorge Gante (enquanto lia): Está mais que visto que não tendo uma federação inteira a ceder aos teus caprichos de vedeta és um choramingão completamente vulgar... Não és interessante.

Subitamente rasga o processo de Delmar em pedaços atirando-o depois para o caixote do lixo com desprezo.

Jorge Gante (sorrindo, meio introspectivo): Ainda por cima odeio cópias baratas de franceses ricaços.

Então, restam-lhe dois processos. Pega num que diz "Alex Torres" em letras bem visíveis no topo da folha. Lê:

(...) Marido da ex-lutadora de MMA internacional, Natália Oliveira. Tem um background em jiu-jitsu brasileiro e karaté.  Foi treinado na Birmingham Wrestling Academy de Ricardo Soares.

O candidato ao Título Undisputed permanece imóvel durante uns segundos, apenas levando o cigarro à boca umas duas ou três vezes, meio distante.

Jorge Gante (atirando novamente o processo de Torres para cima da secretária): Quais serão as tuas motivações? Seres o menino-orgulho da tua mulher para teres mais sexo no final do dia? Não sei...

Novamente o cigarro, umas duas ou três vezes. Por fim, o último processo reservava agora toda a atenção do Senhor Vernal. O derradeiro? Ao contrário dos anteriores, deixa-o sobre a mesa não lhe tocando nem com uma unha. Não tinha nenhum nome registado no seu topo, apenas algumas informações sobre o suposto lutador em questão. Leu:

Background de anos em muay thai. (...) Com um passado competitivo em companhias de Vale Tudo, ingressou em 2013 na Vanguarda da Luta Livre tendo a sua primeira experiência no wrestling profissional. Considerado por muitos o lutador mais polémico que alguma vez pisou o ringue da federação, travou com Ricardo Soares aquela que para muitos foi a mais intensa rivalidade num curto espaço de tempo. Meses mais tarde rescindiu contrato com a VLL por conflitos internos com a direcção.

Na UWL permanece invicto até ao momento, seguindo em frente em todas as eliminatórias do torneio Master of the Mat e ultrapassando os lutadores Gabriel Paquet e Henrique Coelho.

PS: Futuro Campeão Undisputed.

Limita-se a sorrir, como que tivesse sido iluminado por uma resposta instantânea. Levou o cigarro uma última vez à boca, antes de o esmagar no cinzeiro deixando transbordar alguma cinza para cima da mesa sem dar aparente importância.

Jorge Gante (olhando pela janela, fitando o pico da Serra): É tão bom encontrar em nós próprios a solução.
avatar
Sabor Gerações
Miguel Rossiter

Mensagens : 393
Data de inscrição : 24/12/2014

Ver perfil do usuário http://jorgebogalheiro.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolhe o teu veneno.

Mensagem por Sabor Gerações em Seg 19 Jan 2015, 02:07

(Domingo, 18 de Janeiro. 18:00 horas)

Gante acabava de entrar no ginásio da academia de muay thai da Covilhã, Dynamite Fight, onde deu os primeiros passos na sua carreira de lutador e, enfim, treinou a sua vida inteira. Levava um saco desportivo às costas, uma malha negra e uns calções desportivos da mesma cor.

Imediatamente um indivíduo com os seus trinta e poucos anos que no fundo da sala coordenava uma aula apercebe-se da sua presença e acena-lhe, mas o finalista do Master of the Mat não nota, indo distraído a olhar para o seu telemóvel.


Treinador (interrompendo a aula): Continuem esse exercício, e depois fazem mais duas séries de dez, que eu já volto...

Então dirige-se rapidamente em direcção ao ex-Verno.

Treinador: Então estrela, vieste visitar os pobres e nem olhas para eles?

Jorge Gante (tirando os olhos do telemóvel, apercebendo-se da presença do treinador): Ah... Estava aqui distraído. Então meu?

O lutador da Covilhã dá rapidamente um abraço a José Branco, treinador de muay thai e dono da academia Dynamite Fight.

José Branco (dando palmadas nas costas de Gante): Então, desceste da Serra? Já tinha ouvido por aí que estavas por cá, sabes como é, és uma celebridade nesta cidade...

Gante não parece prestar atenção às palavras do seu colega, distraindo-se outra vez com o telemóvel e esboçando um sorriso, antes de soltar gargalhadas que não consegue evitar.

Jorge Gante: Desculpa meu, mas isto está parvo aqui no Twitter... Sabes o Wickings lá da Ultimate?

Branco acena afirmativamente, curioso.

Jorge Gante: Está para aqui a fritar... Primeiro é um inglês que escreve a língua pior do que eu e do que muita gente...

José Branco (comentando rapidamente, com um tom amigável): Sim, mas também não podes exigir que sejam todos artistas como tu...

Gante sorri, reagindo à picardia de Branco.

Jorge Gante: Sim, como ele conheço muitos... Mas o problema não é esse. O problema é que veio aqui dizer em pleno Twitter que o wrestling é - e passo a citar - "fake".

José Branco: Ele está a insinuar que o wrestling é a fingir?

Jorge Gante (coçando a cabeça em tom de gozo): Pois, não sei... Não sei por que federações passou no passado, talvez tenha estado na Vanguarda com a sua verdadeira identidade portuguesa, vizinho do Jesus na Reboleira...

José Branco (em tom de gozo também): Então? Na Vanguarda fingia-se combates e resultados?

Jorge Gante (rindo-se): Fingir? Não... Mas já pensaste porque é que campeões milionários como o Vinicius ou o Bangalter nunca sofreram verdadeira concorrência nos seus reinados ou sequer porque é que esse francês teve uma title shot? Bem, mas não interessa...

O lutador da UWL aponta para a turma que Branco treinava aquando a sua chegada.

Jorge Gante (murmurando, tentando ser discreto): Tens ali alguém maduro, pronto a combater?

José Branco (orgulhoso, apontando para um dos alunos): Claro, tens ali o Frederi...

Jorge Gante (interrompendo, convicto): Óptimo, preciso de mais dois. Entras? Assim só precisas de arranjar mais um.

Branco olha chocado, não percebendo.

José Branco (receoso): O que pretendes?

Jorge Gante: Conheces o termo "Gauntlet" do wrestling, certo? É o meu plano de treino de hoje. Preciso de estar preparado para a qualquer momento disputar dois ou mais combates na mesma noite.

José Branco (estupefacto): Isso não tem nada a ver com o Pick Your Poison de amanhã, pois não?

Gante sorri misterioso, fazendo o seu treinador perceber que não iria obter resposta.

Jorge Gante (pousando o saco desportivo no chão): Vamos a isso?
avatar
Sabor Gerações
Miguel Rossiter

Mensagens : 393
Data de inscrição : 24/12/2014

Ver perfil do usuário http://jorgebogalheiro.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum