Analisando os adversários

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Analisando os adversários

Mensagem por Kid em Sab 24 Jan 2015, 02:10

Não há qualquer som numa pequena divisão toda ela escura e que aparenta ser um quarto. A única luz que o ilumina é a luz da luar que entra pela janela. O quarto não está muito decorado: apenas um roupeiro, um armário, duas mesinhas e uma cama desarrumada com lençóis brancos. Mais decorado está o chão. Umas botas pretas, umas calças de ganga escuras, o habitual casaco sem mangas de Chaser, mais umas calças de ganga, um top branco, um casaco que aparenta ser bem quente e um… sutiã?

Chaser está sentado na ponta da cama aparentemente relaxado, apenas vestido com uns boxers e acompanhado pelas tatuagens que cobrem o seu braço. Umas mãos doces e frágeis começam a massajar-lhe os ombros, deixando-o arrepiado ao primeiro toque devido à “ainda” baixa temperatura dessas mãos. Essas mãos começam a descer até ao peito do lutador e uma língua aparece lambendo-lhe o pescoço. O nortenho continua a relaxar ao sabor do leve toque das duas mãos que vão competindo para ver qual delas chega lá “abaixo” primeiro… A mão direita acabou por ser a vencedora da “corrida” e teve o direito a entrar no domínio dos boxers. Chaser ia relaxando de olhos fechados e cabeça erguida tentado tirar o máximo prazer da situação.

Neste momento abre os olhos. Acabaram-se as massagens e os linguados. Já não havia ninguém atrás de si. A ação agora passava-se à sua frente. A língua que outrora lhe lambia o pescoço lambe-lhe agora algo ainda mais prazeroso. O prazer pode ser maior, mas a expressão de Chaser é sempre a mesma: vazia e fria. Parece que nada sente e nada o consegue mudar. E olhem que a rapariga está a tentar com força! Nem mesmo o seu olhar ternurento das vezes que ela olhava para cima conseguiam fazer derreter o coração de Chaser ou fazê-lo esboçar um sorriso.

A rapariga, determinada, vai tentando obter um sorriso, um gemido ou até um suspiro, mas não está fácil. Mas tem toda a noite para isso, nada a pode parar… à exceção de um telemóvel…

Uma luz não muito forte surge de uma das mesinhas encostadas à cama. O telemóvel de Chaser acabava de receber uma mensagem. O lutador estica o seu braço e agarra o seu telemóvel para descobrir que tem três chamadas não atendidas e uma mensagem. “Liga-me quando puderes, tenho novidades”, diz a mensagem.

A rapariga passa-lhe suave e carinhosamente a mão pela barba.


Rapariga (carinhosamente): Qual é o problema? – e esboça um belo sorriso no fim.

Chaser ignora a mensagem e volta a colocar o telemóvel em cima da mesa, tão na ponta que ele até caiu. Podia apanha-lo mas há coisas mais importantes à espera. Chaser levanta-se da cama, agarra a rapariga pela cintura e levanta-a ao seu colo. Ela sorri e enlaça as pernas à volta da cintura de Chaser. Ele atira a rapariga para cima da cama e cobre-os com os lençóis.



A ação agora decorre na sala. Mais uma vez o espaço é apenas iluminado pela luz do luar. Uma porta abre-se e de lá sai Chaser apenas em boxers e com o telemóvel na mão. A expressão continua a mesma de sempre. Transpirado e com vestígios de suor ao longo do tronco, o lutador senta-se no sofá e começa a teclar no telemóvel. Vai à sua lista de contactos, faz uma chamada e leva o telemóvel ao ouvido.


???: Estou? Podias ter ligado mais cedo, já viste as horas?

Chaser:

???: Espero que tenhas estado a treinar porque já confirmei tudo. Domingo terás o teu primeiro combate na UWL, será um combate Gauntlet de cinco pessoas. Certifiquei-me de que serás o último a entrar portanto estou a contar contigo para limpares o ringue. Pela tua atitude não tenho dúvidas de que vais dominar. Já me deste provas disso… até fizeste mais do que aquilo que te pedi…

Chaser:

???: Lembra-te de que não caíste aqui por acaso. Foste escolhido por uma razão, e uma razão muito simples. És alguém com sede de vitória e estás determinado a alcançar isso a qualquer preço. Esse é um tipo de atitude que eu valorizo e por isso tenho confiança nas tuas capacidades. Essa ânsia de vencer tem de subir contigo ao ringue e mostrares ao mundo que estás na UWL para seres a atração e não apenas mais um entre muitos. Quem olha para ti não vai esperar apenas uma vitória, eles vão esperar domínio!

Chaser:

???: Parece que algumas vozes se levantaram sobre a ausência do Alex Torres no evento. Patético… um homem adulto que age como uma criança para obter atenção. A atenção caiu toda sobre ele, achas isto bem? Parece que todo o card foi ignorado, inclusive tu! Brincam com os sentimentos das pessoas deixando-as de lado. Achas isto bem?!

Chaser aperta o telefone com força mas sempre com o mesmo olhar intenso e frio a olhar para o nada.

???: Vamos provar-lhes que estão errados, assegura-te de que vais brilhar mais do que qualquer outro. Tenho a certeza de que depois de Domingo será de ti que as pessoas vão falar e qualquer outro lutador será irrelevante.

Ouvem-se alguns barulhos do outro lado da chamada. A pessoa que fala com Chaser está a fazer alguma coisa…

???: Estás aí? Fui ali buscar uns papéis, estão aqui algumas coisas que te podem ser úteis. São informações sobre os teus adversários. Fedrix, Teles, Wickings e Coelho… temos aqui coisas muito interessantes… ouve só isto…

Na porta por onde entrou Chaser aparece a rapariga que partilhou tempo consigo, vestida com o seu casaco sem mangas, com o cabelo despenteado à frente dos olhos e um sorriso maroto enquanto trinca o dedo indicador.

Rapariga: Já terminaste?

Chaser fica a pensar durante uns segundos e pousa o telemóvel em cima do sofá. A bela jovem ao ver o lutador se aproximar corre para a cama com um sorriso na cara. O gaiense bate a porta e da sala apenas se consegue ouvir o ruído que vem do telemóvel que ainda estava em chamada…

???: …Fedrix… viveu nas ruas e chegou a estar preso… parece ser outro que não vai olhar a meios para atingir os fins…

A expressão de Chaser foi sempre a mesma do início até ao final desta noite. Exatamente a mesma como quando decidiu entrar na UWL ou quando enfrentou a fúria do seu pai. Parece que nada é capaz de o fazer mudar, seja ação em cima de um ringue ou debaixo dos cobertores. Como se sexo e wresting fossem a mesma coisa. Foda-se.

_______________________________________________________________

avatar
Kid

Mensagens : 99
Data de inscrição : 23/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum