Mais peso e menos cabelo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mais peso e menos cabelo

Mensagem por CChris em Ter 10 Mar 2015, 17:32

À uma semana atrás…
 
Estamos no ginásio “Retiro dos Caçadores”, em Tomar. O local estava equipado a rigor para uma sessão de wrestling, equipado com um ringue e várias maquinas de treino. Muitos eram os homens presentes no ginásio neste dia de calor em pleno Inverno. Como tem sido regularidade nos últimos tempos, o treino de Wrestling iria ser dado pelo ex-wrestler da VLL, Diogo Lourenço. O mesmo já está no ringue com alguns alunos e está pronto para começar a sessão.
 
Diogo Loureço: Muitos bons dias, meninas. O meu nome é Diogo Lourenço, mas isso, já vocês sabem. Hoje quero ver vocês todas a dar o litro, ao contrário do que tem acontecido nas últimas semanas em que as senhoras decidem falar sobre as manicures e as malas novas em vez de tomarem atenção ao que eu, o único wrestler nesta sala, estou a dizer!
 
Diogo está diferente desde a ultima vez que o vimos na VLL. O seu longo cabelo preto e loiro desapareceu, para dar lugar a um cabelo rapado aos lados e a trás, apenas com uma porção de cabelo no topo da cabeça que ia até aos olhos. Diogo também tinha adquirido uma tatuagem no braço direito. Lourenço também está mais rijo, mais imponente e mais sério. Parece que o seu lado jovem e irreverente desapareceu para dar lugar a um homem de barba rija.
 
Diogo: Por isso, esta semana o treino vai ser um pouco diferente. Todos vocês aqui dentro pensam ser os maiores da vossa aldeia, mas eu estou aqui para vos dizer que pensam mal! Vocês não passam de uns meros alunos de wrestling! Alguns com mais potencial que outros, é verdade, mas nenhum de vocês aqui é melhor que ninguém e, sobretudo, nenhum de vocês é melhor que eu!
 
Os alunos de Diogo Lourenço olham uns para os outros, com cara de chateados e poucos amigos. Todos estão a levar as palavras de Diogo a mal e a tensão está a ficar um pouco elevada.
 
Diogo: Por isso, o que vamos fazer hoje é o seguinte. Eu vou enfrentar cada um de vocês, um por um, até ter enfrentado todos. Aqueles que conseguirem vencer-me, ganham duas coisas. Primeiro, podem ter o orgulho de dizer que venceram um dos melhores wrestlers portugueses atualmente! Segundo, quem me vencer ganha um contrato com a YWA, Youth Wrestling Academy. Por isso, senhoras, façam fila indiana, um por um vaiam entrando no ringue e enquanto esperam pela vossa vez, podem-se ir enrabando uns aos outros.
 
A fila forma-se rapidamente. Cerca de dez ou doze alunos estão alinhados fora do ringue para enfrentar o professor, Diogo Lourenço. Diogo encontra-se no lado oposto do ringue ao que os alunos entram.
 
O primeiro a entrar é um gabarolas de nome Miguel Gouveia. Miguel fez questão de ser o primeiro da fila, pois diz que vai despachar Diogo num instante. Miguel entra no ringue e lá já está também um arbitro aprendiz do ginásio. O combate começa e Miguel começa a mostrar a sua grande boca.
 
Miguel (cheio de mania): Calma meus amigos, que isto vai acabar rápido…
 
Miguel vira-se e leva com um Angels Connection (superkick) em cheio no maxilar. Gouveia cai redondo no chão enquanto Diogo Lourenço mete o pé em cima dele para o arbitro fazer a contagem. Um, dois, três.
 
Diogo : Lição numero um, nunca tirar os olhos do adversário! Se tirarem, é isto que vai acontecer, minhas senhoras. Tirem este fardo do meu ringue e que entre o próximo!
 
Um por um, iam entrando no ringue, agora mais concentrados. Mas, de nada servia, pois um por um, os alunos de Diogo Lourenço iam saindo do ringue, derrotados. Diogo lutou com onze alunos, até que chegara ao ultimo.
 
Diogo: Minhas senhoras, eu nem sequer comecei a suar ainda e já derrotei onze de vocês! Vocês querem ter sucesso neste desporto? Então começam a usar aquilo a que chamam de miolos! Próximo!
 
O próximo e ultimo aluno a entrar é Leonel Fernandes, ou Preto, como os outros o chamavam. Leonel é um ex-pára-quedista das forças armadas portuguesas. Ele fez missão em Timor e na Bósnia. Preto é homem nos seus 30 e muitos anos, com um grande corpo, cerca de um metro e noventa com cerca de cento e vinte quilos. Na cabeça de Diogo, este homem tem uma capacidade incrível para a modalidade, mas a sua idade já avançada não vai permitir a Leonel chegar muito longe.
 
Leonel entra no ringue e Diogo adota uma postura mais séria. O Preto tenta fazer lock up com Diogo, mas Lourenço utiliza a sua rapidez para escapar aos braços de Leonel e consegue ficar nas suas costas. Leonel vira-se e Diogo Lourenço dá uma grande chapada no afro-português, que fica visivelmente irritado com o seu treinador. Todos os alunos que estavam no lado de fora ficaram chocados com a ação de Diogo e todos temeram pela vida deste, uma vez que o Preto estava disposto a arrancar a sua cabeça.
 
Leonel, irritado, tenta atingir Diogo Lourenço com vários murros e cotoveladas, tenta agarra-lo para o espremer ou até mesmo aplicar alguma manobra de força, mas o ex-lutador da Vanguarda consegue esquivar todas as tentativas do afro-português. Depressa, Leonel começou a ficar exausto e, Diogo, aproveita para prender o seu Suicide Silence (Sleeper Hold) em Leonel, que em poucos segundos apaga o gigante. Diogo ganhou mais um combate.
 
Diogo: Mais uma lição, minhas queridas, nunca, mas nunca, percam a cabeça durante um combate! Viram o que aconteceu aqui ao Big Nelo? Ele foi uma presa fácil para mim, assim que eu consegui polo no estado que queria! Usem a cabeça meus amigos! A aula acabou por hoje, vocês são uma vergonha! Doze homens e nenhum conseguiu sequer fazer-me moça! Vaiam para casa arranjar as unhas!
 
Todos os alunos dirigem-se ao balneário para se ir embora. Diogo estava, por um lado, visivelmente frustrado por nenhum dos seus alunos ter conseguido um contrato com a YWA, mas por outro lado, estava bastante feliz consigo próprio por ainda não ter perdido a sua habilidade. Do outro lado do ginásio, alguém começa a bater palmas que ecoam pelo recinto todo. Os passos dessa pessoa começam a ouvir-se também. O som de tacões de mulher é perceptível.
 
???: Vejo que não perdes-te a tua habilidade para o wrestling, meu querido… afilhado.
 
Diogo de imediato reconhece a voz e vira-se para confrontar a pessoa.
 
Diogo (surpreendido): Ora, ora, vejam só quem é ela. A Rainha da UWL, Alexandra Valente. Posso saber o que fazes por aqui… madrinha?
 
Alexandra Valente, também conhecida como Al, faz parte dos Supremacy, facção que domina, atualmente, a Ultimate Wrestling League. Alexandra estava deslumbrante-mente simples, como sempre. A sua elegância e beldade não passavam despercebidas a ninguém, nem mesmo a Diogo Lourenço. Alexandra é “madrinha” de Diogo, uma vez que Jorge Gante apadrinhou o jovem lutador quando este ainda era casado com Al, tornando-se ela madrinha de Lourenço. Os dois já não se falavam à mais de um ano, devido a conflitos entre os dois, mas esta visita de Al pode mudar as coisas.
 
Al: Diogo, sempre encantador. Vejo que ganhas-te algum peso… e perdes-te algum cabelo.
 
Diogo (com um sorriso forçado): Acho que posso dizer o mesmo de ti, Alexandra.
 
Al: Ouch, essa doeu. Eu ainda sou jovem Diogo, alias, não temos assim tanta diferença de idade quanto isso.
 
Diogo: Pois. Vejo que tu e o Jorge continuam com a vossa guerrinha de ex-marido e ex-mulher. Até voltaram a levar isso à televisão nacional, outra vez! A busca pelo mediatismo é mesmo comum a vocês dois, não é?
 
Al: Diogo, eu vim aqui com boas intenções, mas se vais continuar a insultar-me, eu acho que posso ir-me embora.
 
Diogo: Não, por favor, fica. Por favor, diz-me o que trouxe vossa excelentíssima senhora a terras do povo.
 
Alexandra Valente anda um pouco pelo ginásio, observando o ringue que estava no centro deste. Esta passa a mão no tapete para sentir o revestimento deste. O tapete estava sujo, cheio de suor e sangue. Um ringue com historia, mas um ringue em ótimas condições.
 
Al: Eu vi-te deste o começo, Diogo. Desde o inicio do treino que estou a observar-te e eu vi a intensidade com que falas-te com os teus alunos. É a mesma intensidade que sempre tiveste nos teus olhos quando entravas no ringue, na VLL. É a mesma intensidade com que combatias cada combate, com que aplicavas cada manobra. É isso que nos levou, a mim e ao Jorge, a apostar em ti, Diogo. O fogo que tinhas nos teus olhos, a raiva que tinhas no teu corpo e a determinação que tinhas na tua mente.
 
Diogo: Pois, isso é tudo muito bonito. Mas onde é que queres chegar com isso, Al?
 
Al: Eu tenho uma proposta muito interessante para ti, Diogo. Mas porque é que não vamos para outro sitio discutir isso?

Diogo: Parece-me bem…
 
Diogo Lourenço veste o seu casaco que estava em cima de umas cadeiras do ginásio e desloca-se à saída do ginásio, juntamente com Al Valente. À saída, Diogo segura a porta para que Al passe, num ato de cavalheirismo, a que Al responde com um sorriso. Diogo segue por trás e Alexandra e fecha a porta do ginásio, que fica vazio, enquanto a noite começa-se a por e a luz começa a diminuir. Depressa o ginásio fica escuro e o dia vira noite. 

_______________________________________________________________

avatar
CChris
Diogo Lourenço

Mensagens : 174
Data de inscrição : 20/05/2014
Idade : 21
Localização : Monte Gordo, Algarve

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum