Contra a Própria Vontade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Contra a Própria Vontade

Mensagem por Felps em Dom 15 Mar 2015, 15:50

Academia de treinos, 13/03 – 11:30

Fedrix está treinando, se preparando para o Kerosene 8, onde ele irá enfrentar Lucas Teles pela oportunidade de conquistar o principal título da empresa.  O seu treino consiste em puxar pesos que ao todo somavam quase 100 Kg.

O local tinha as paredes pretas até a metade, a partir da altura do abdômen de Fedrix a parede é branca até o teto, vários equipamentos e pesos estão espalhados pelo local, não haviam muitas pessoas, elas foram almoçar, pois a academia está para fechar para a refeição.

Fedrix está de bermuda preta e vermelha e camiseta branca, seu cabelo está preso, a agua que escorre por todo o seu corpo daria para encher um copo. Após uma série de repetições de movimentos, o lutador percebe seu celular vibrar, imediatamente ele para o que está fazendo para ver o motivo de tal acontecimento.

Seu celular geralmente não toca, ninguém que ele conhece tem o seu número e ninguém que tem o número do lutador é suficientemente relevante para ser lembrado, o Iron Fist liga a tela e vê que o celular vibrou por uma mensagem de texto.


“Fedrix, como você está se empenhando e tem um bom futuro pela frente, vou te dar uma força e marcar uma coletiva de imprensa para você conversar com os fãs, você na verdade irá anunciar um novo produto que a UWL conseguiu como parceira.

Evento de anuncio da nova parceria, Rua Andréa Morais, nº 4223, Dia 15/03, início as 14:00

Ps: Investi muito dinheiro nisso, então é bom você aparecer, se não o card do próximo Kerosene pode ser alterado.                        

                                                                                Ass: (Sem ironia) Chairman Bruno Pavão”

Fedrix Desliga o celular rapidamente e o coloca com uma certa força no banco que estava sentado, ele olha para frente uns instantes encarando o vazio, logo volta a si e começa a rir-se sozinho.

Fedrix: Fãs? Este velho deve estar brincando comigo, não quero ir nessa merda deste evento, mas posso perder uma ótima chance de arrebentar com o Teles, me vingar do Coelho, dos Supremacy e ainda colocar as mãos no ouro.

O lutador coloca mais 10 Kg em cada lado e com toda a fúria e determinação que esta mensagem lhe passou, ele foi para o aparelho e começou uma nova série, a cada movimento que exigia mais força ele dizia “Foco!”.

15/03 – 13:55

Fedrix chega com seu carro na rua que estava na mensagem, do começo da mesma ele consegue ver um prédio com algumas dezenas de Portugueses na frente, a rua estava interditada, parece que a UWL fez algo grande.

Ao aproximar o carro do local onde tinhas as barreiras, um segurança chega e manda abaixar o vidro, a cara dele é de indiferente, muitas pessoas passaram por ali e foram barradas. Quando Fedrix abaixou o vidro, o segurança reconheceu sua face.


Segurança: Senhor Fedrix, você terá que sair do seu carro e ir andando ao local, então o organizador irá te dar mais detalhes.

Fedrix não estava feliz de estar ali, ele queria treinar mais, pensar mais em uma estratégia, mas tinha que estar ali, o descendente de brasileiros vestia uma calça jeans, uma camiseta branca e uma camisa preta.

Fedrix: Foda-se, só me leve até lá.

O segurança se espanta com a atitude do lutador, mas sem perder tempo ele chama alguns colegas que escolta Fedrix em direção ao prédio, após andarem alguns metros, as pessoas que estavam na frente do prédio começam a gritar, elas viram Fedrix, a multidão começa se aproximar do lutador para conseguir algo, mas os seguranças fazem a proteção.

O Iron Fist odeia aquilo, ele abaixa a cabeça e tenta andar mais rapidamente, mas ele precisa acompanhar o círculo de seguranças que está a sua volta, os fãs gritam muito, pode se ouvir “Fedrix te amo”, “destrua os Supremacy”, “Vingue o Gante” e até “autografa meus peitos”.

Chegando no local, Fedrix entra rapidamente e a porta dos fundos do prédio é fechada rapidamente, mas uma fã consegue passar, ela agarra o lutador e começa a chorar.


Garota: Fedrix, eu te amo, por favor tire uma foto comigo, estou aqui desde as 9:00.

O Americano tenta tirar a menina de seu corpo e chamar os guardas, ele já estava ficando vermelho de raiva, mas a voz da garota e suas lagrimas, fizeram com que o lutador tivesse pena da menina, assim o lutador abaixou e olhou nos olhos dela.

Fedrix: Tire a foto logo, antes que te coloquem para fora.

A menina “super feliz” puxa o seu celular e troca a câmera para a frontal, ambos cerram o punho e colocam perto do rosto, a foto é tirada e a menina com um enorme sorriso dá um beijo no rosto do lutador e vai novamente em direção a porta, onde um segurança percebe ela e coloca-a para fora do prédio.

O lutador muda rapidamente, parece um estalo, ele volta a estar incomodado de estar ali, mas não tinha o que fazer, o produtor do evento chegou correndo perto do lutador, ele tinha uma calça jeans e uma camisa xadrez azul.


Produtor (puxando Fedrix pelo corredor): Vamos! Você chegou atrasadíssimo, não vou conseguir te passar as instruções, mas basicamente fale que Red Bull é bom e responda as perguntas.

Fedrix: Red Bull?

O lutador é colocado na frente de uma cortina, ele não tem tempo para fazer nada, apenas ser praticamente jogado dentro da sala da entrevista coletiva, quando o Iron Fist aparece, vários flashes cegam parcialmente o lutador.

Fedrix caminha um pouco e senta-se na mesa de entrevistas, essa que está coberta por um pano preto e que tem uma lata do energético em cima da mesma, um microfone apontado para a cadeira bem acolchoada que Fedrix se senta e atrás um pano com os logos da Red Bull e da UWL.

Os flashes cessam, mas podemos ver muitos jornalistas falando e atrás dos mesmos, pode-se ver o lado de fora do local, com os fãs gritando, mas não influenciando tanto na entrevista. Fedrix senta e olha tudo aquilo um pouco confuso. As conversas diminuem até que nada se é ouvido e o lutador também parece esperar algo, após algum tempo, ele recebe um sinal do produtor, que apareceu entre a cortina, um sinal para começar a falar.


Fedrix: Estou aqui para ouvir vocês e falar sobre segunda e sobre o PPV, onde eu vou tirar o título dos Supremacy, então podem fazer perguntas.

Muitos repórteres levantam os braços, Fedrix entende que precisa escolher um para seguir com a entrevista. Ele aponta o dedo para um homem que estava na terceira fileira.

Marco: Sou Marco Figueroa, da Ultimate Wrestling News, o que você tem a dizer sobre os Supremacy?

Fedrix: Acho que são um bando de fracassados, que não teriam a mínima chance sozinhos e sem a proteção do chefe, odeio pessoas assim, então quero acabar com todos esses vermes, um por um.

O procedimento se repete e Fedrix escolhe uma jovem loira da segunda fileira, o câmera que estava atrás dela olha para suas ancas quando a mesma levanta.

Luana: Luana, do Portugal Wrestling, No último show você fez time com Teles para derrotar os Supremacy, você não acha que o melhor é se juntar a mais lutadores?

Fedrix: O inimigo do meu inimigo não é meu amigo, simplesmente ele não é meu inimigo, porem Teles não se encaixa nessa regra, tenho uma raiva perpetua, no Kerosene 7 venci o combate sozinho, e no Kerosene 8 será apenas mais uma oportunidade de vence-lo, sobre os outros lutadores, prefiro que não me ajudem nem atrapalhem.

Fedrix não está contente, apenas perguntas básicas foram feitas, de qualquer forma ele escolha outro jornalista.

Juan: Boa tarde, sou Juan Carlos do 4Corner Zone, ultimamente tivemos várias saídas na UWL, você tem algo a dizer sobre os principais?

Fedrix: Eu queria lutar contra o Chaser e conquistar o Gen-X, afinal não tive uma luta justa, Hosking deve ter tomado muitos remédios para se recuperar do meu Iron Punch, foi engraçado ver os dois sair e o Pavão frustrado, todos falam do Gante, mas usam drogas que só porque não soltam fumaça, acham que não são drogas.

O Iron Fist toma um pouco do energético que está em sua mesa e escolhe outro jornalista para responder.

Ruben: Ruben aqui, do canal do Youtube Wrestling Tuga, tínhamos um combate marcado para o Claustrophobia e nele tínhamos uma estipulação, você acha que a mesma variante possa entrar para o novo Main-Event?

Fedrix: Na verdade, não me importo, com uma jaula ou sem, com cadeiras, mesas e escadas ou sem, não faz diferença, estou preparado para vencer de qualquer forma. Agora vamos para a última pergunta.

Fedrix fica um tempo para escolher bem e acaba escolhendo um repórter que está na última fileira de camiseta xadrez azul.

Rodrigo: Rodrigo, do jornal Wrestling Life, você está aqui para falar sobre a nova parceira da UWL com a Red Bull, não?

Fedrix: Sim, sim, Não vou mentir, adoro isto, treino melhor e me deixa forte antes de qualquer combate, se minha palavra não é suficiente, vejam que a Red Bull está em todo lugar, na UWL, na Formula 1 e em vários esportes. Agora estamos sem tempo, obrigado a todos que estão aqui, não percam segunda o Kerosene, quando vou mostrar que sou uma ameaça para os Supremacy.

Fedrix se levanta e rapidamente sai do local, sem tempo para tirar fotos com o produto do novo parceiro da UWL e nem com os "fãs".

_______________________________________________________________


[VLL] Parceiro de Guerra (2014) - Com Camaleão
avatar
Felps

Mensagens : 243
Data de inscrição : 24/12/2014
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum