A dor só se avalia no final

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A dor só se avalia no final

Mensagem por Shotgun em Seg 03 Ago 2015, 04:06

YOUTUBE
CANAL SEDDCNF

O cenário negro, contrastando-se apenas por algumas malhas cor de sangue e esporádicos raios, está em segundo plano para uma silhueta que vai irrompendo das sombras. De cabelo longo, amarrado e com, também, tons vermelhos, a figura está de costas e os raios vão, de algum modo, clarificando a sua forma. No fundo ouve-se, ao de leve, o perturbador som de gritos sem sinais de cessar. Dando dois passos para trás, ouve-se um claro e incómodo som de cascalho a ser pisado.

???: Nunca desejei colocar o derradeiro ponto final, assim como nunca ponderei abandonar tudo e viver dia após dia à espera de um tedioso final. Cada dia se torna, porém, numa maior aventura marcada pela ansiedade e pelo crescente desejo de impor dois sentimentos ou sensações negras que todos, sem exceção, temem tanto ou mais como a morte. Felizmente não me considero - nem nunca me considerei, para que conste - humano. Porque para se ser um, há que obedecer a determinados princípios, respeitar fundamentos ultrajantes e fingir que, de facto, somos todos singulares quando, no entanto, somos todos iguais e ridículos, apenas, quando transparecemos uma insultuosa e quase penosa ideia de diferença.

O indivíduo tosse repetidamente e leva uma garrafa à boca com uma mão, ajeitando o cabelo com a mão direita e, com essa mesma mão, queima um cigarro.

???: E como não sigo determinadas regras, determinados princípios e outras tantas formas de etiqueta, não tenho qualquer tipo de obrigação em esclarecer ou clarificar instantaneamente aquilo que digo. Mas falava num desejo crescente em infligir duas sensações. E, por esta altura, decerto já sentem uma: o medo. O medo do que posso dizer, do que posso fazer e dos danos que a minha oratória pode e vai colocar nessas mentes frágeis. E o medo pode manifestar-se de diversas formas: ao estar-se encarcerado no escuro sem saída iminente, ao sentir incerteza ou em outras tantas formas. A forma de medo alheio que mais sinto é quando me estão próximos. E como tudo tem uma razão de ser...

Ouvem-se estilhaços, tendo a garrafa sido atirada contra a distante parede.

???: A outra sensação, porventura a mais temerosa: a dor. E a dor de uma pessoa depende da angústia e da ansiedade de quem a vai infligir. Que tal 608 dias sem infligir dor, sem destroçar, sem matar? A ideia de veres um fantasma, de ter a morte à tua frente, de ter um maníaco a controlar o teu destino, de não teres qualquer poder sobre a tua própria consciência... deixa-te com medo?

A câmara desvanece no momento em que a figura se vira ligeiramente, sem qualquer perceção definitiva e clara sobre a sua identidade. Um berro arrebatador, sonoramente muito mais forte e grave aos que se ouviam em segundo plano, acompanha o escurecer do vídeo.
avatar
Shotgun
Shotgun Eddy

Mensagens : 207
Data de inscrição : 26/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum